Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10006
Título: Determinação de metais em amostras de água do mar da Baía da Babitonga, São Francisco do Sul - SC
Título(s) alternativo(s): Determination of metals in seawater samples from Babitonga Bay, São Francisco do Sul - SC
Autor(es): Nahirny, Everaldo Pedrosa
Orientador(es): Felix, Erika Pereira
Palavras-chave: Metais
Baías - Brasil
Águas residuais - Aspectos ambientais
Poluentes
Resíduos industriais
Águas residuais - Eliminação no oceano
Águas residuais nos rios, lagos, etc
Voltametria
Química
Metals
Bays - Brazil
Sewage - Environmental aspects
Pollutants
Factory and trade waste
Sewage disposal in the ocean
Sewage disposal in rivers, lakes, etc
Voltammetry
Chemistry
Data do documento: 20-Fev-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: NAHIRNY, Everaldo Pedrosa. Determinação de metais em amostras de água do mar da Baía de Babitonga, São Francisco do Sul - SC. 2017. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2017.
Resumo: A Baía da Babitonga é um estuário que possui conexão direta com o oceano. É a maior baía navegável de Santa Catarina e conta com o porto de São Francisco do Sul. A baía apresenta potenciais plumas de emissão de contaminantes, tais como esgotos domésticos e efluentes industriais. Tendo em vista a possível emissão de elementos químicos potencialmente tóxicos, faz-se necessária uma análise quantitativa dessas espécies. Neste contexto, o objetivo deste estudo foi determinar as concentrações de chumbo, cádmio, cobre e zinco em amostras de água da Baía da Babitonga. As amostras foram obtidas de coletas efetuadas nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2014, em três diferentes pontos da baía, sendo que em cada ponto de amostragem foram medidos os parâmetros físico-químicos que indicara que a Baía possui características homogêneas dentro de sua extensão. Foi desenvolvido um estudo para otimizar o método para determinação dos metais na água no mar, envolvendo uma etapa de digestão das amostras em um reator fotoquímico, na qual o melhor tempo de digestão foi de 9 min e um estudo para determinar as melhores condições instrumentais para que os metais fossem quantificados por voltametria de redissolução anódica. O método voltamétrico foi otimizado, sendo que o tempo de pré-concentração de 300s foi o suficiente para detectar os analitos na ordem de nmol L-1, apresentando uma faixa linear de trabalho entre 0,1 e 8 · 10-7 mol L-1 para o Cu e Pb, enquanto para o Zn e o Cd foi de 0,1 e 11 · 10-7 mol L-1 . Entretanto devido a um defeito no equipamento, a quantificação dos analitos nas amostras não foi possível.
Abstract: Babitonga Bay is an estuary that has a direct connection to the ocean. It is the largest navigable bay in Santa Catarina and has the port of São Francisco do Sul. The bay has potential plumes for the emission of contaminants, such as domestic sewage and industrial effluents. Considering the possible emission of potentially toxic chemica, a quantitative analysis of these species is necessary. In this context, the objective of this study was to determine the concentrations of lead, cadmium, copper and zinc in water samples from Babitonga Bay. The samples were collected from January, February and March 2014, at three different points in the bay. At each sampling point, the physical-chemical parameters were measured, indicating that the Bay has homogeneous characteristics within its range extension. It was developed a study to optimize the method for the metal determination involving a step of digestion in a photochemical reactor, in which the best digestion time was 9 min, and a study to determine the best instrumental conditions for metals determination by anodic stripping voltammetry. The voltammetric method was optimized, and the preconcentration time of 300s was sufficient to detect the analytes in the order of nmol L-1, presenting a linear working range between 0.1 and 8 · 10-7 mol L-1 for Cu and Pb, while for Zn and Cd it was 0.1 and 11 · 10-7 mol L-1. However due to a bug in the equipment, the samples analysis was not possible.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10006
Aparece nas coleções:CT - Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COQUI_2017_1_8.pdf962,34 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.