Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1007
Título: Análise de controle interno: estudo de caso no contas a pagar e receber das empresas Visaluz e Escola Shekinah
Autor(es): Silva, Karin Fabiane Martinazzo
Orientador(es): Bortoluzzi, Sandro César
Palavras-chave: Auditoria interna
Controladoria
Contabilidade
Auditing, Internal
Controllership
Accounting
Data do documento: 14-Mar-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: SILVA, Karin Fabiane Martinazzo. Análise de controle interno: estudo de caso no contas a pagar e receber das empresas Visaluz e Escola Shekinah. 2013. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2013.
Resumo: O objetivo do presente estudo consiste em identificar se os controles internos financeiros (contas a receber e contas a pagar) de duas empresas do Grupo Valmir Imóveis estão sendo realizados conforme preconiza a literatura e se atendem as normas de auditoria para os referidos controles internos. A presente pesquisa replica o estudo realizado por Ritta, Elias, Dorow e Rebello (2008). A metodologia utilizada para realização do estudo foi por meio de questionário aplicado ao gestor da empresa com 15 questões para o contas a receber e 16 questões para o contas a pagar. Após análise das respostas obtidas por meio do questionário foi possível visualizar se as empresas objeto do presente estudo atendem aos critérios estabelecidos pela literatura e pelas normas de auditoria. Os resultados obtidos no contas a pagar e a receber em ambas as empresas foi satisfatório com relação à utilização das normas. Porém, na empresa Visaluz atenção especial deve ser dispensado aos juros pagos em títulos, o qual atualmente é feito sem autorização. Adicionalmente, a empresa Visaluz deve ficar atenta às contas a receber, pois não se utiliza de autorização para concessão de juros ou desconto. Na empresa Escola Shekinah o item observado com maior relevância é com relação à política de segurança no recebimento efetuado com cheques. Por fim, em um parecer geral foi possível observar quer ambas as empresas fazem uso da maioria dos procedimentos de controle interno financeiro ditado pela literatura e normas de auditoria.
Abstract: The objective of this study aims to identify whether internal controls financial (accounts receivable and accounts payable) of two group companies Valmir Homes are being performed as recommended by the literature. The study was replicated by a study by Ritta, Elias, Dorow and Rebello (2008). The methodology used for the study was through a questionnaire addressing 15 questions of accounts receivable and 16 questions in accounts payable. After analyzing the responses obtained through the questionnaire was possible to visualize the degree of use of the internal control criteria companies use. The results obtained in accounts payable and receivable in both companies was satisfactory with regard to the use of standards. However the company Visaluz is necessary to ga suive more attention with respect to interest paid on bonds, which currently is done without authorization. The same is the case in accounts receivable in the same company as it does not use authorization to award interest or discount. In business school Shekinah item is observed with greater relevance with respect to security policy with checks made on receipt. Finally, a general opinion was possible to observe both companies want to make use of most of the internal control procedures dictated by the standard financial audit seeking continuous improvement in its financial avoiding risks and facilitating the decision making of the company.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1007
Aparece nas coleções:PB - Gestão Contábil e Financeira

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_EGCF_VIII_2013_13.pdf424,77 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.