Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1017
Título: Avaliação de toxicidade de três substâncias de referência ao microcrustáceo Daphnia magna
Autor(es): Knapik, Luis Felipe Onisanti
Andreatta, Morgana
Orientador(es): Ramsdorf, Wanessa Algarte
Palavras-chave: Testes de toxicidade
Toxicologia ambiental
Água - Poluição
Crustáceo
Toxicity testing
Environmental toxicology
Water - Pollution
Crustacea
Data do documento: 29-Abr-2012
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: KNAPIK, Luis Felipe Onisanti; ANDREATTA, Morgana. Avaliação de toxicidade de três substâncias de referência ao microcrustáceo Daphnia magna. 2013. 65 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2013.
Resumo: O desenvolvimento de produtos e tecnologias vem aumentando significativamente, resultando no lançamento de agentes químicos e físicos, contaminando a biota terrestre e aquática e provocando desequilíbrios ambientais. A concentração crescente destes resíduos em ecossistemas aquáticos tem despertado cada vez mais interesse, tanto pela quantidade e variedade, quanto pela toxicidade, a qual pode provocar danos, até mutagênicos, nos organismos aquáticos não-alvo, gerando assim a necessidade da avaliação dos seus efeitos nestes ecossistemas. Este trabalho teve como objetivo principal avaliar possíveis efeitos toxicológicos ocasionados por substâncias de referência (Dicromato de Potássio, Sulfato de Cobre e Cloreto de Potássio), utilizando o microcrustáceo Daphnia magna como organismo-teste, através do ensaio tradicional de sensibilidade (avaliação toxicológica). Os testes de sensibilidade foram realizados em laboratório, de acordo com metodologias normatizadas e algumas adaptações. Os valores de CE50-24h calculados para Daphnia magna foram de 0,82 mg/L para o dicromato de potássio e 0,17 mg/L para o sulfato de cobre. Os valores de CE 50-48h calculados para Daphnia magna foram de 698,8 mg/L para o cloreto de potássio. Todas as substâncias utilizadas forneceram resultados satisfatórios para que um determinado método analítico seja desenvolvido de forma consistente e preciso, tendo destaque o cloreto de potássio cuja padronização não necessitou de diversas alterações na metodologia, além de ser mais seguro com relação à disposição no ambiente e manuseio. Como objetivo específico, foi proposta avaliação dos efeitos genotóxicos, através ensaio cometa, das três diferentes substâncias por meio de danos ao DNA de Daphnia magna a partir da CE50 encontrada nos testes de sensibilidade. Por ter sido encontrado poucos cometas por lâmina, não foi possível fazer o cálculo estatístico dos danos, os quais eram difíceis de serem identificados. Este empecilho pode ser atribuído ao fato de que o material celular da Daphnia magna é muito pequeno, dificultando assim a visualização de algum cometa no microscópio, mesmo na objetiva de 100x. Além do material celular do microcrustáceo utilizado ser muito pequeno, houve muita perda de material pelo uso de um desagregador incompatível durante o preparo da suspensão celular para o ensaio cometa. No entanto a metodologia adaptada e introduzida no laboratório foi utilizada para peixes e apresentou resultados satisfatórios.
Abstract: The development of products and technologies has increased significantly, resulting in the release of chemical and physical agents, contaminating the aquatic and terrestrial biota and causing environmental imbalance. The increasing concentration of these residues in aquatic ecosystems has attracted increasing interest, both the quantity and variety, as the toxicity, which can cause damage, even mutagenic in non-target aquatic organisms, thus creating the need for impact assessment these ecosystems. This study aimed to evaluate the possible toxicological effects caused by reference substances (Potassium Dichromate, Copper Sulfate and Potassium Chloride), using the test micro-organism Daphnia magna, by testing traditional sensitivity (toxicological evaluation). Sensitivity tests were performed in laboratory, according to standardized methodologies and some adaptations. The values of EC50-24h calculated for Daphnia magna were 0.82 mg / L for the potassium dichromate and 0.17 mg / L for copper sulfate. The values of EC50-48h calculated for Daphnia magna were 698.8 mg / L for potassium chloride. All substances used provided satisfactory outcomes and attended the purpose of reference substance, having highlighted the potassium chloride whose standardization does not required several changes in methodology as well as being safer with respect to handling and disposal on the environment. As specific objective was proposed assessment of the genotoxic effects by the comet assay, of the three different substances through DNA damage in Daphnia magna from the EC50 found through sensitivity tests. For a few comets have been found by the blade, it was not possible to make statistical calculation of damages, which were difficult to identify. This obstacle can be attributed to the fact that the cellular material of Daphnia magna is very small, making it difficult to visualize any comet in the microscope, even at 100x objective. Besides the cellular material used is too small, there were a lot of loss of material by use of a disintegrator incompatible during preparation of the cell suspension for the comet assay. However the methodology adapted and introduced into the laboratory was used for fishes and showed good results.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1017
Aparece nas coleções:CT - Tecnologia em Processos Ambientais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COPAM_2012_2_06.pdf908,91 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.