Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1019
Título: Determinação do estrógeno 17 β-estradiol (E2), em uma estação de tratamento de efluentes
Autor(es): Teixeira, Francisco Kozel
Orientador(es): Liz, Marcus Vinicius de
Palavras-chave: Águas residuais - Análise
Água - Estações de tratamento
Cromatografia a líquido de alta eficiência
Sewage - Analysis
Water treatment plants
High performance liquid chromatography
Data do documento: 13-Mai-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: TEIXEIRA, Francisco Kozel. Determinação do estrógeno 17 β-estradiol (E2), em uma estação de tratamento de efluentes. 2013. 61 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2013.
Resumo: Neste trabalho foi aplicado um método analítico com a finalidade de realizar a verificação da eficiência de remoção do hormônio sexual 17β-estradiol (E2) em uma estação de tratamento de efluentes (ETE), avaliando, assim, a remoção deste composto pelo tratamento convencional utilizado nesta estação, localizada no município de Curitiba-PR. Primeiramente foram preparados padrões do analito de interesse com concentrações entre 5,0 e 1000 µgL-1 para avaliar a linearidade de resposta neste intervalo. Em seguida foram feitos testes em cartuchos de extração em fase sólida (SPE) em água ultra-pura, com o intuito de verificar a recuperação desses hormônios para posterior pré-concentração. A coleta da amostra de esgoto foi realizada a jusante e a montante de uma estação de tratamento de esgoto (ETE), sendo esta posteriormente filtrada por membrana de fibra de vidro, dividida em alíquotas de 300 mL, as quais ainda foram divididas em alíquotas sem adição de padrão e com adição padrão (50, 100 e 300 ngL-1), pré-concentradas com a utilização de SPE, reconstituídas e, por fim, analisadas por cromatografia líquida de alta eficiência acoplada a um detector de fluorescência (HPLC-FD). As recuperações em água foram superiores a 95%, enquanto as recuperações em esgoto ficaram compreendidas entre 40 e 70%. Como resultado das análises realizadas foi possível concluir que na amostra coletada não houveram picos cromatográficos característicos de E2, estando, assim, a concentração de E2 abaixo dos limites de detecção e quantificação estabelecidos neste trabalho.
Abstract: In this paper it was applied an analytical method in order to perform the verification of the efficiency of removal of the sex hormone 17β-estradiol (E2) in a wastewater treatment plant, evaluating the degradation of this compound by conventional treatment used at this station, located in the municipality of Curitiba-PR. First it was constructed a calibration curve - concentrations between 5 e 1000 µgL-1 - using E2 standards to assess the linearity of the response in this range. Then tests were performed on solid phase extraction (SPE) cartridges in ultra-pure water in order to check the recovery of these hormones for further pre-concentration. Sewage samples were taken both upstream and downstream of a sewage treatment plant, which were then filtered through glass-fiber membrane and divided into aliquots of 300 mL, which were divided into aliquots without and with addition of standard (50, 100 and 300 ngL-1), pre-concentrated using SPE, reconstituted, and finally analyzed by high performance liquid chromatography coupled with a fluorescence detector (HPLC-FD). Recoveries in water were higher than 95%, while the recoveries in sewage were between 40 and 70%. As a result of analyzes it was concluded that characteristic chromatographic peaks of E2 were not found and E2 concentration was below the limit of detection and quantitation established in this paper.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1019
Aparece nas coleções:CT - Tecnologia em Processos Ambientais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COPAM_2012_2_08.pdf
  Acesso Restrito
1,22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.