Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10299
Título: Caracterização do banco de sementes e monitoramento de uma APP em restauração há sete anos às margens do Ribeirão Três Bocas, Londrina - PR
Título(s) alternativo(s): Caracterization of the seed bank and monitoring of an PPA in restauration for seven years in the Ribeirão Três Bocas Basin, Londrina - PR
Autor(es): Malvezzi, Ligia Belieiro
Orientador(es): Faria, Patrícia Carneiro Lobo
Palavras-chave: Bancos de sementes
Monitorização ambiental
Recuperação ecológica
Soil seed banks
Environmental monitoring
Restoration ecology
Data do documento: 13-Abr-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: MALVEZZI, Ligia Belieiro. Caracterização do banco de sementes e monitoramento de uma APP em restauração há sete anos às margens do Ribeirão Três Bocas, Londrina - PR. 2018. 75 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2018.
Resumo: O presente trabalho foi desenvolvido em uma Área de Preservação Permanente (APP) que passou por plantio total visando sua restauração há sete anos, localizada em uma propriedade rural (Sítio Água Viva) às margens do Ribeirão Três Bocas, em Londrina, Paraná. Foi aplicado o protocolo de monitoramento de projetos de restauração ecológica desenvolvido pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado do São Paulo, (Portaria CBRN 01/2015). A aplicação do Protocolo se deu pela disposição na área de três transectos (T1, T2 e T3), com 23, 20 e 20 metros de extensão, respectivamente, com 4 metros de largura. Os indicadores amostrados foram: cobertura de copas por vegetação nativa, densidade de indivíduos nativos regenerantes e número de espécies nativas regenerantes. Os indivíduos amostrados tinham altura (H) maior que 50 centímetros e Circunferência à Altura do Peito (CAP) menor que 15 centímetros. As plantas com altura menor que 50 centímetros foram contadas em 5 parcelas (2x2m) dispostas em cada transecto. Na mesma área de aplicação do protocolo foram retiradas amostras de solo e serapilheira para análise do banco de sementes em 15 pontos dispostos sistematicamente em 3 linhas paralelas ao curso d’ água. As amostras de solo foram levadas à Casa de Vegetação da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Câmpus Londrina, recebendo rega diária. As plântulas germinadas foram contatadas Mensalmente, e ao final de 120 dias foram identificadas. Os resultados obtidos pelos indicadores do protocolo foram 100% de cobertura de copas, densidade de 10.297 regenerantes naturais/ha e 39 espécies nativas regenerantes, valores que sugerem que a área se encontra em estado adequado de restauração. Todas as espécies amostradas foram distribuídas em 14 famílias e 2 categorias artificiais (indeterminadas e agrupadas). As famílias mais abundantes foram Solanaceae, Sapindaceae, Anacardiaceae e Lauraceae. Obteve-se, também, densidades elevadas (29.500, 17.500 e 26.000 ind/ha para T1, T2 e T3) para plantas com H<50cm. Para o banco de sementes, a densidade foi de 1.670,37 ± 480,23 sementes germinadas/m2 para os primeiros 30 dias de amostragem. A densidade final não foi considerada por mortalidade decorrente de falha na irrigação. A grande maioria das sementes germinadas no banco foram de herbáceas. Foram amostradas 149 plantas lenhosas (111,1 sementes de arbóreas/m2) com destaque para a presença de cinco espécies arbóreas: Trema micrantha, Cecropia sp, Schinus terebintifolius, Croton sp e Melia azedarach, esta última exótica. Detectou-se a presença marcante de arbustos e trepadeiras denotando que a dispersão e o estabelecimento de regenerantes naturais na área estão sendo favorecidos. A baixa riqueza de espécies no banco de sementes pode ser consequência da pequena área amostral e/ou da elevação do nível hidrométrico do rio, ocorrida no início de 2016.
Abstract: The present study was developed in a Permanent Preservation Area (PPA) that underwent total planting aiming its restoration seven years ago, located in a rural property (Sítio Água Viva) on the banks of the river Três Bocas, in Londrina, Paraná. It was applied the monitoring protocol of restoration projects developed by the Environment Agency of the State of São Paulo (Ordinance CBRN 01/2015). The application of the Protocol was done by the arrangement in the area of three transects (T1, T2 and T3), with 23, 20 and 20 meters of extension, respectively and 4 meters wide. The indicators sampled were crown cover by native vegetation, density of native regenerating individuals, and number of native regenerating species. The individuals sampled had a height (H) greater than 50 centimeters and Chest Height Circumference (CAP) less than 15 centimeters. Plants with height less than 50 cm were also counted in 5 plots (2x2m) randomly arranged in each transect, 15 plots in total. At the same area of the protocol application, soil samples were collected for seed bank analysis in 15 points arranged systematically in 3 lines paralleled to the water course. The samples were taken to the Greenhouse at the Federal Technological University of Paraná Campus Londrina, and received water daily. The germinated plants were counted monthly, and identified when completed 120 days. The results obtained for the protocol indicators were 100% of crown cover, 10,297 natural regenerants/ha and 39 native regenerating species, values that suggest that the area is in an adequate state of restoration. All of the species were distributed into 14 botanical families and 2 artificial categories (indeterminate and grouped). The most abundant families were Solanaceae, Sapindaceae, Anacardiaceae e Lauraceae. We also obtained high density (29,500, 17,500 e 26,000 ind/ha for T1, T2 e T3) for the plants with H<50cm. Regarding the seed bank, it was found a density of 1,670.37± 480.23 germinated seed/ m2 in the first 30 days of experiment. The final density were not considered due to the mortality caused by the irrigation loss. The great majority of the germinated seeds in the bank were herbaceous. It was sampled 149 woody plants (111.1 woody tree seeds/m2), emphasizing five species: Trema micrantha, Cecropia sp, Schinus terebintifolius, Croton sp and Melia azedarach, this last one an exotic species. The great presence of shrubs and wines points out that the dispersal and the establishment of the natural regenerants in the area are being favored. The low reachness of species in the seed bank might be a consequence of the small sampled area and/or the river extravasation at the beginning of 2016.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10299
Aparece nas coleções:LD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COEAM_2018_1_08.pdf8,19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.