Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10320
Título: Atividade antioxidante do óleo essencial das folhas e tubérculos da tiririca (Cyperus rotundus)
Título(s) alternativo(s): Antioxidant activity of essential oil of leaves and tubers of tiririca (Cyperus rotundus)
Autor(es): Livi, Adriana
Orientador(es): Zara, Ricardo Fiori
Palavras-chave: Ervas daninhas
Fenóis
Radicais livres (Química)
Weeds
Phenols
Free radicals (Chemistry)
Data do documento: 20-Nov-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Toledo
Referência: LIVI, Adriana. Atividade antioxidante do óleo essencial das folhas e tubérculos da tiririca (Cyperus rotundus). 2015. 46 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Toledo, 2015.
Resumo: A tiririca (Cyperus rotundus) é uma planta conhecida mundialmente como uma erva daninha para a agricultura, porém essa planta possui aplicações importantes na medicina tradicional e também na culinária de vários países do Oriente Médio, Índia, Japão e China. Como o interesse da população pelo uso de produtos naturais vem aumentando significativamente os óleos essenciais com propriedades biológicas têm recebido destaque em pesquisas a fim de utilizá-los nas indústrias alimentícia, cosmética e farmacêutica. No Brasil, as propriedades biológicas da tiririca ainda são pouco estudadas, mas pelos relatos de que essa planta é utilizada para fins medicinais e culinários, neste trabalho objetivou-se analisar a presença de compostos com potencial antioxidante no óleo essencial dos tubérculos (OET) e o óleo essencial das folhas (OEF) da tiririca, obtidos através da hidrodestilação. O teor de compostos fenólicos foi determinado utilizando-se o reagente Folin-Ciocalteau e os resultados foram expressos em equivalente de ácido gálico (EAG). A atividade antioxidante foi determinada através do método DPPH, o resultado expresso em relação à concentração necessária para inibir 50 % do radical DPPH e também em relação ao AAI (Índice de Atividade Antioxidante). O OET apresentou 79,92 ± 1,40 μg EAG mg-1, enquanto o OEF foi de 55,52 ± 1,49 μg EAG mg-1. Para a atividade antioxidante total o OET apresentou valor de IC50 (a concentração necessária para inibir 50% do radical DPPH) de 75,6 mg mL-1 e AAI de 5,13 x 10-4, já para o OEF o IC50 foi de 126,39 mg mL-1 e AAI de 3,07 x 10 -4. Os resultados mostram teor de compostos fenólicos e atividade antioxidante maiores para o óleo essencial obtido dos tubérculos. Ao considerar o AAI, conclui-se que ambos os óleos apresentaram ação antioxidante muito fraca, se comparada aos antioxidantes sintéticos, os quais apresentam AAI maiores de 2,0.
Abstract: The sedge (Cyperus rotundus) is a plant known worldwide as a weed for agriculture, but this plant has important applications in traditional medicine and also in cooking various Middle East countries, India, Japan and China. As public interest in the use of natural products is increasing significantly, essential oils with biological properties have been highlighted in research in order to use them in the food, cosmetic and pharmaceutical. In Brazil, the biological properties of sedge are still little studied, but the reports that this plant is used for medicinal and culinary purposes, this study aimed to analyze the presence of compounds with antioxidant potential in the essential oil of tubers (OET) and the essential oil from the leaves (OEF) of Cyperus rotundus, obtained by hydrodistillation. The content of phenolic compounds was determined using the Folin-Ciocalteau reagent and the results were expressed in equivalent of gallic acid (EAG). The antioxidant activity was determined by DPPH method, the result expressed in terms to the necessary concentration to inhibit 50% of DPPH radical and also qualified in termsof AAI (Antioxidant Activity Index). The OET showed 79.92 ± 1.40 μg EAG mg-1, while the OEF was 55.52 ± 1.49 μg EAG mg-1. For total antioxidant activity OET showed IC50 value (the concentration required to inhibit 50% of DPPH) of 75.6 mg mL-1 and AAI value of 5.13 x 10-4, as OEF for the IC50 was 126.39 mg mL-1 and AAI 3.07 x 10-4. The results show content of phenolic compounds and antioxidant activity higher for the essential oil obtained from tubers. Considering the AAI, concluded that both oils showed very weak antioxidant activity when compared to synthetic antioxidants, which have AAI grater than 2.0.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10320
Aparece nas coleções:TD - Tecnologia em Processos Químicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
atividadeantioxidanteoleoessencialtiririca.pdf952,7 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.