Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10430
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorPereira, Isabella Bordinhão Torres-
dc.creatorBussulo, Jéssica Resende-
dc.creatorCarpi, João Marcos Guerra-
dc.creatorYamamoto, Kariyn-
dc.creatorAndrade, Patricia Florêncio de-
dc.date.accessioned2019-01-02T17:25:31Z-
dc.date.available2019-01-02T17:25:31Z-
dc.date.issued2018-11-12-
dc.identifier.citationPEREIRA, Isabella Bordinhão Torres et al. Indústria de suco de laranja integral. 2018. 165 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Apucarana, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10430-
dc.description.abstractThe search for healthier habits has driven the human being to consume more food without preservatives and chemical additives. This demand has made the juice industry, especially integral ones, received prominence. Brazil, as a major producer and exporter of oranges, has in its intern market countless brands of juice. However, in the niche of the integrals, few industries bet, due to their shorter expiration date. The State of São Paulo is responsible for about 70% of the national orange harvest, with the Citrus Belt in its territory, which favors the implementation of an orange juice industry. Citrino, the company proposed in this work will be located in Franca - SP, due to owning the best water treatment in Brazil, providers around it within a maximum radius of 380 km and proximity to Santos’ port, in order to enter on the export market of frozen orange juice concentrate in the future. From the mass and energy balances it was possible to size the equipment used in the operational plant of Citrino, as well as to realize the energy integration in order to reduce the combustible material used in the boiler. The investment required to make this project possible will be returned after 3 years of factory operation. Concerned about the environment, Citrino proposes to carry out activities that have a minimal impact on the environment, such as collecting rainwater for later non-potable use in its facilities, efficiently treating effluents, and donating orange peel and bagasse for feed producers.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Tecnológica Federal do Paranápt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectCítricospt_BR
dc.subjectSuco de laranja - Indústriapt_BR
dc.subjectLaranjapt_BR
dc.subjectCitruspt_BR
dc.subjectOrange juice industrypt_BR
dc.subjectOrangespt_BR
dc.titleIndústria de suco de laranja integralpt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.description.resumoA busca por hábitos mais saudáveis levou o ser humano a consumir mais alimentos sem conservantes e aditivos químicos. Essa demanda fez com que a indústria de sucos, principalmente a integral, recebesse destaque. O Brasil, como grande produtor e exportador de laranja, tem em seu mercado interno inúmeras marcas de suco. No entanto, no nicho dos integrais, poucas indústrias apostam, devido ao seu menor prazo de validade. O Estado de São Paulo é responsável por cerca de 70% da safra nacional de laranjas, com o Cinturão Citrícola em seu território, o que favorece a implantação de uma indústria de suco de laranja. A Citrino, empresa proposta neste trabalho, estará localizada em Franca - SP, por possuir o melhor tratamento de água do Brasil, fornecedores de matéria-prima em um raio máximo de 380 km e proximidade ao porto de Santos, para futuramente entrar no mercado de exportação de concentrado de suco de laranja congelado. A partir dos balanços de massa e energia foi possível dimensionar os equipamentos utilizados na planta operacional da Citrino, como também realizar a integração energética a fim de diminuir o material combustível utilizado na caldeira. O investimento necessário para que este projeto se torne possível será retornado após 3 anos de operação da fábrica. Preocupada com o meio ambiente a Citrino se propõem a realizar atividades que impactem de forma mínima no mesmo, como captar água da chuva para posterior uso não potável em suas instalações, realizar um eficiente tratamento de efluentes e realizar a doação das cascas e bagaço da laranja para produtores de ração.pt_BR
dc.degree.localApucaranapt_BR
dc.publisher.localApucaranapt_BR
dc.contributor.advisor1Lima, Ana Maria Ferrari-
dc.contributor.advisor-co1Jabur, Andrea Sartori-
dc.contributor.referee1Lima, Ana Maria Ferrari-
dc.contributor.referee2Jabur, Andrea Sartori-
dc.contributor.referee3Ueda, Ana Claudia-
dc.contributor.referee4Sgorlon, Juliana Guerra-
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programEngenharia Químicapt_BR
dc.publisher.initialsUTFPRpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICApt_BR
Aparece nas coleções:AP - Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AP_COENQ_2018_2_05.pdf4,67 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.