Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10436
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorMatos, Jésica Antônia Masson-
dc.date.accessioned2019-01-18T17:38:23Z-
dc.date.available2019-01-18T17:38:23Z-
dc.date.issued2018-06-14-
dc.identifier.citationMATOS, Jésica Antônia Masson. Análise de matérias estranhas e sujidades no açúcar mascavo. 2018. 52 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10436-
dc.description.abstractThere are two kinds of brown sugar, the granulated or beaten kind, and brown sugar, crystallized kind. The brown sugar is usually produced by small industries or familiar companies. It must also be exempt of land materials, of parasites and of animal or vegetal detracts. In the microscopic preparations it must show absence of dirtiness, of parasites and of insect larvas or its fragments. The microscopy in the food is the micro analytical technic that can be used to control the quality to identify the components of a product; it was found that the products are according to the specifications. Considering the importance of the food quality, this task had the aim of verify the hygienic sanitary conditions of the brown sugar commercialized in the market. The levels of contamination by foreign matter and dirt in 27 brown sugar samples were evaluated. In the microscopic analyzes, 55.56% of the samples were with foreign matter and dirt.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Tecnológica Federal do Paranápt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectAçúcar - Análisept_BR
dc.subjectMicroscopiapt_BR
dc.subjectAlimentos - Contaminaçãopt_BR
dc.subjectAlimentos - Qualidadept_BR
dc.subjectSugar - Analysispt_BR
dc.subjectMicroscopypt_BR
dc.subjectFood contaminationpt_BR
dc.subjectFood - Qualitypt_BR
dc.titleAnálise de matérias estranhas e sujidades no açúcar mascavopt_BR
dc.title.alternativeAnalysis of strange materials and dirtiness in the brown sugarpt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.description.resumoExistem dois tipos de açúcar mascavo, tipo granulado ou batido, e açúcar mascavo, tipo cristalizado. O açúcar mascavo é produzido geralmente por indústrias de pequeno porte ou empresa familiar. Deve também ser isento de matéria terrosa, de parasitas e de detritos animais ou vegetais. Nas preparações microscópicas deverá demonstrar ausência de sujidades, de parasitas e de larvas de insetos ou de seus fragmentos. A microscopia em alimentos é uma técnica micro analítica que pode ser utilizada no controle de qualidade para identificação dos componentes de um produto, permitindo constatar se os produtos estão de acordo com as especificações. Considerando a importância da qualidade dos alimentos, este trabalho teve como objetivo verificar a presença de matérias estranhas e sujidades em amostras de Açúcar Mascavo comercializado. Foram avaliados os níveis de contaminação por matérias estranhas e sujidades em 27 amostras de açúcar mascavo. Nas análises microscópicas, 55,56% das amostras estavam com matérias estranhas e sujidades.pt_BR
dc.degree.localCampo Mourãopt_BR
dc.publisher.localCampo Mouraopt_BR
dc.contributor.advisor1Perdoncini, Márcia Regina Ferreira Geraldo-
dc.contributor.referee1Perdoncini, Márcia Regina Ferreira Geraldo-
dc.contributor.referee2Leone, Roberta de Souza-
dc.contributor.referee3Pereira, Idinea Fernandes dos Santos-
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentDepartamento Acadêmico de Alimentospt_BR
dc.publisher.programTecnologia em Alimentospt_BR
dc.publisher.initialsUTFPRpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::CIENCIA DE ALIMENTOSpt_BR
Aparece nas coleções:CM - Tecnologia em Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
materiasestranhassujidadesacucar.pdf838,37 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.