Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10487
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorPereira, Naray dos Santos-
dc.date.accessioned2019-02-13T16:31:17Z-
dc.date.available2019-02-13T16:31:17Z-
dc.date.issued2018-11-19-
dc.identifier.citationPEREIRA, Naray dos Santos. Verificação da representatividade de amostragem da lecitina de soja por meio de análises físico-químicas. 2018. 22 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Engenharia Química) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10487-
dc.description.abstractThe industry of soybean crushing which uses physical degumming process has the soybean gum which is used to produce soy lecithin. The obtaining process of soy lecithin is carried out by batch, and the union of approximately 10 batches will form the final lot. During the batch process, the food industries end up performing the monitoring of quality parameters, being they specifically raw color, moisture and viscosity, which are important parameters in the representativeness of the quality on the final lot. When the batch process is completed, the lecithin obtained goes to the final viscosity tank, where it will circulate under continuous heating and stirring, being this necessary for the homogenization between the batches. The final viscosity tank is completed on its volumetric capacity and a new sample is collected and is physico-chemically analyzed. The same analyses of each batch are also made and others analyses are necessary for the lot release, targeting the final product to specific tanks depending on the results obtained. The following graduation work is aimed at monitoring the sampling of each batch and the sampling of the final tank in order to verify if the parameters obtained during the batch match the same parameters found in the final tank through physicochemical analysis.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Tecnológica Federal do Paranápt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectÓleos vegetaispt_BR
dc.subjectSojapt_BR
dc.subjectAmostragem (Estatística)pt_BR
dc.subjectVegetable oilspt_BR
dc.subjectSoybeanpt_BR
dc.subjectSampling (Statistics)pt_BR
dc.titleVerificação da representatividade de amostragem da lecitina de soja por meio de análises físico-químicaspt_BR
dc.title.alternativeVerification of the representativeness of soy lecithin sampling by physico-chemical analysispt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.description.resumoAs indústrias de esmagamento de soja que optam pelo processo físico de degomagem do óleo bruto de soja possuem como subproduto a goma, utilizada na obtenção da lecitina de soja. O processo de obtenção da lecitina é realizado por bateladas, e a união de aproximadamente 10 bateladas formará um lote final. Durante as bateladas, as indústrias alimentícias acabam realizando o monitoramento de parâmetros de qualidade, sendo elas especificamente cor bruta, umidade e viscosidade, sendo parâmetros importantes na representatividade da qualidade do lote final. Quando o processo de batelada é finalizado, a lecitina obtida segue para o tanque final de viscosidade, tanque onde a lecitina ficará circulando sob aquecimento e agitação contínua, para que todas as bateladas sejam homogeneizadas. O tanque de viscosidade final é completo perante sua capacidade volumétrica e uma nova amostra deste é retirada e encaminhada para análises físico-químicas, as mesmas de cada batelada e ainda outras análises necessárias para a liberação do lote, destinando o produto final para tanques específicos dependendo dos resultados obtidos. O seguinte trabalho visa monitorar a amostragem de cada batelada e a amostragem do tanque final, a fim de comprovar se os parâmetros obtidos durante as bateladas condizem com os mesmos parâmetros encontrados no tanque final, através de análises físico-químicas.pt_BR
dc.degree.localPonta Grossapt_BR
dc.publisher.localPonta Grossapt_BR
dc.contributor.advisor1Chornobai, Cesar Arthur Martins-
dc.contributor.advisor-co1Canteri, Maria Helene Giovanetti-
dc.contributor.referee1Canteri, Maria Helene Giovanetti-
dc.contributor.referee2Ostrowski, Revenli Fernanda do Nascimento-
dc.contributor.referee3Chornobai, Cesar Arthur Martins-
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentDepartamento Acadêmico de Engenharia Químicapt_BR
dc.publisher.programEngenharia Químicapt_BR
dc.publisher.initialsUTFPRpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICApt_BR
Aparece nas coleções:PG - Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PG_COENQ_2018_2_20.pdf1,1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.