Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10488
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorMatsuo, Nilson Yugo-
dc.creatorSteffen, Renato Daher Augusto-
dc.date.accessioned2019-02-13T16:35:30Z-
dc.date.available2019-02-13T16:35:30Z-
dc.date.issued2018-12-13-
dc.identifier.citationMATSUO, Nilson Yugo; STEFFEN, Renato Daher Augusto. Efeito do processo fermentativo na cinética e qualidade de hidromel. 2018. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Engenharia Química) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10488-
dc.description.abstractMead, a millenarian but forgotten beverage, presents a good alternative to add value to the raw material used, honey. Two mead samples will be prepared from a single 25 degree °Brix wort, added with pollen grains, which will be divided into two parts, one for conventional fermentation and the other for fermentation with immobilized yeast. The fermentation will occur at roughly 11,2 °C, after fermenting they will be matured for 142 days at 5,5 °C. At the end of this process, the beverages were submitted to physical-chemical and sensorial analysis, where we could observe differences between the traditional and immobilized yeast meads on their alcoholic volume (9.6% and 8.7% %), turbidity (34 and 26 NTU), and brightness, respectively.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Tecnológica Federal do Paranápt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectFermentaçãopt_BR
dc.subjectMelpt_BR
dc.subjectSaccharomyces cerevisiaept_BR
dc.subjectFermentationpt_BR
dc.subjectHoneypt_BR
dc.titleEfeito do processo fermentativo na cinética e qualidade de hidromelpt_BR
dc.title.alternativeEffects of fermentation process on mead kinetics and qualitypt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.description.resumoO hidromel, uma bebida milenar porém caída em esquecimento, apresenta uma boa alternativa para agregar valor à matéria prima utilizada, o mel. Foram elaboradas duas amostras de hidromel a partir de um único mosto com 25 graus ºBrix, adicionado de grãos de pólen.Uma seguiu para fermentação convencional e a outra para fermentação com levedura imobilizada. A fermentação ocorreu a uma temperatura média de 11,2°C durante 34 dias, após a fermentação foi maturado por 142 dias a 5,5°C. Ao final deste processo, as bebidas foram engarrafadas e submetidas a análises físico-quimicas e sensoriais, onde pudemos observar diferenças entre o hidromel feito de maneira tradicional e o feito com leveduras imobilizadas no teor alcoólico (9,6% e 8,7%), turbidez (34 e 26 NTU), e luminosidade (23,66 e 23,51), respectivamente.pt_BR
dc.degree.localPonta Grossapt_BR
dc.publisher.localPonta Grossapt_BR
dc.contributor.advisor1Rodrigues, Sabrina Ávila-
dc.contributor.referee1Chornobai, Cesar Arthur Martins-
dc.contributor.referee2Tozetto, Luciano Moro-
dc.contributor.referee3Rodrigues, Sabrina Ávila-
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentDepartamento Acadêmico de Engenharia Químicapt_BR
dc.publisher.programEngenharia Químicapt_BR
dc.publisher.initialsUTFPRpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICApt_BR
Aparece nas coleções:PG - Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PG_COENQ_2018_2_22.pdf822,71 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.