Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10840
Título: Avaliação da qualidade do ar interno em salas de aula em um campus universitário
Título(s) alternativo(s): Evaluation of indoor air quality in classrooms in a university campus
Autor(es): Barbosa, Carolina Cristina
Orientador(es): Theodoro, Joseane Debora Peruço
Palavras-chave: Qualidade do ar de interiores
Poluentes
Ambiente de sala de aula
Indoor air quality
Pollutants
Classroom environment
Data do documento: 29-Nov-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: BARBOSA, Carolina Cristina. Avaliação da qualidade do ar interno em salas de aula em um campus universitário. 2018. 68 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2018.
Resumo: A qualidade do ar em ambientes internos tem sido causa de preocupação nos últimos anos devido à deterioração do ar em muitos espaços coletivos de uso público e privado, com ventilação natural ou mecânica como o caso de instalação de equipamentos. Em salas de aulas a situação não é diferente, pois os alunos e professores permanecem quase a totalidade do seu dia nestes espaços ficando expostos a tais poluentes. A exposição por poluentes pode gerar dificuldades ao respirar, aumentando o número de pessoas internadas em hospitais. Dessa forma, este trabalho teve como objetivo avaliar os parâmetros como temperatura, umidade relativa, ruído, quantidade de partículas, índice de bulbo úmido termômetro de globo (IBUTG) para salas com e sem ar condicionado e o cálculo da taxa de renovação do ar somente para salas com ar condicionado de uma universidade no estado do Paraná, além de analisar se os parâmetros estão de acordo com as legislações ambientais vigentes, de modo a garantir a qualidade do ar para toda comunidade acadêmica dessa instituição. Cada sala possuiu dois pontos distintos de medição, com uma distância de aproximadamente 1,5 metros da parede do fundo (ponto 1) e da parede da frente (ponto 2), totalizando 36 medições nos períodos da manhã, tarde e noite para cada parâmetro analisado. As concentrações de CO2 apresentaram-se maiores em salas com instalação de ar condicionado e em salas que possuíam maior número de alunos. Todas as medições para temperatura e maioria dos valores encontrados para umidade estão de acordo com a ANVISA 09/2003. A taxa de renovação do ar encontrada para salas com ar condicionado superou 27m³/h/pessoa como estabelece a legislação. A quantidade de partículas de 0,0 a 0,3 μm em todos os dias e períodos apresentou-se acima de 70%. Portanto, os resultados encontrados ao longo do trabalho permitiram concluir que a qualidade do ar da universidade estudada está de acordo com as legislações na maioria dos parâmetros avaliados. Com isso, a renovação do ar em ambientes internos é de suma importância para todos os usuários, visto que quanto melhor é a qualidade do ar, menos doenças e internações em hospitais são geradas por este motivo.
Abstract: Indoor air quality has been a cause of concern in recent years due to the deterioration of the air in many collective spaces of public and private use, with natural or mechanical ventilation as the case of installation of equipment. In classrooms the situation is not different, because students and teachers remain almost the whole of their day in these spaces being exposed to such pollutants. Exposure for pollutants can cause breathing difficulties, increasing the number of people hospitalized. Thus, the objective of this work was to evaluate parameters such as temperature, relative humidity, noise, particulate matter, wet bulb index (IBUTG) for rooms with and without air conditioning and calculation of the air renewal rate only for air conditioned rooms of a university in the state of Paraná, in addition to analyzing if the parameters are in accordance with the current environmental legislation, in order to guarantee air quality for all academic community of this institution. Each room had two distinct measuring points, with a distance of approximately 1.5 meters from the bottom wall (point 1) and the front wall (point 2), totaling 36 measurements in the morning, afternoon and evening periods for each parameter analyzed. The concentrations of CO2 were higher in rooms with air conditioning and in rooms that had more students. All measurements for temperature and most of the values found for humidity are in accordance with ANVISA 09/2003. The air renewal rate found for air-conditioned rooms exceeded 27m³/h/person as established by legislation. The amount of particles from 0.0 to 0.3 μm on all days and periods was above 70%. Therefore, the results obtained during the work allowed to conclude that the air quality of the studied university is in agreement with the legislations in the majority of the evaluated parameters. Thus, indoor air renewal is of paramount importance to all users, since the better the air quality, the fewer illnesses and hospitalizations in hospitals are generated for this reason.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10840
Aparece nas coleções:LD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COEAM_2018_2_08.pdf1,23 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.