Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10918
Título: Disponibilidade e toxicidade de cádmio no Ribeirão Cafezal Londrina-PR
Título(s) alternativo(s): Availability and toxicity of potentially toxic metal in Ribeirão Cafezal, Londrina-PR
Autor(es): Machado, Lucas Pohl
Orientador(es): Oliveira, Edson Fontes de
Palavras-chave: Monitorização biológica
Elementos traços
Cádmio
Testes de toxicidade
Biological monitoring
Trace elements
Cadmium
Toxicity testing
Data do documento: 7-Dez-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: MACHADO, Lucas Pohl. Disponibilidade e toxicidade de cádmio no Ribeirão Cafezal Londrina-PR. 2018. 50 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2018.
Resumo: A qualidade da água e das nascentes de rios são fatores importantes a serem considerado pela sociedade. Com o crescimento populacional e, como consequência, intensificação da industrialização, a produção de efluentes domésticos e industriais aumentou. Esses efluentes podem conter metais potencialmente tóxicos, que, por sua vez, se mostram essenciais para o desenvolvimento e manutenção de organismos, mas, se ingeridos em concentrações elevada, podem ser tóxicos. A região da Bacia do Ribeirão Cambé cruza a zona urbana de Londrina (PR), como consequência sofre com muitos impactos, devido à proximidade de residências, estradas, comércios e várias outras atividades humanas, despejo de lixo irregular, falta de mata ciliar. Todos esses impactos geram resíduos e efluentes que acabam parando dentro ou no entorno do leito. Nesse contexto, esse estudo teve por finalidade verificar se o metal potencialmente tóxico (Cádmio) encontra-se disponível e em níveis tóxicos para os peixes do ecossistema. Foram realizadas 3 coletas de peixes e água em 3 pontos ao longo do trecho superior da bacia do Ribeirão Cafezal, foi utilizada pesca manual e elétrica, com esforço amostral de 40 minutos para cada. Foram utilizados 38 indivíduos de 7 espécies diferentes, entre o período de dezembro de 2014 e abril de 2015. Foram realizadas as análises de detecção de metais potencialmente tóxicos na UTFPR, Campus Apucarana. As concentrações apresentadas foram acima do limite permitido pela ANVISA para peixes (0,05 mg/kg). As concentrações de metais não mostraram variações significativas entre os pontos de amostragem avaliados. Visto que o Ribeirão é utilizado por pessoas para recreação e pesca, é necessário dar continuidade a atividade de monitoramento, analisando periodicamente, identificando as fontes de poluição e alertando a população sobre o perigo da ingestão de metais potencialmente tóxicos.
Abstract: The quality of water and river sources are important factors to be considered by society. With population growth and, as a consequence, intensification of industrialization, the production of domestic and industrial effluents increased. These effluents may contain potentially toxic metals, which in turn are essential for the development and maintenance of organisms, but if ingested at high concentrations they may be toxic. The region of the Ribeirão Cambé Basin crosses the urban area of Londrina (PR), as a consequence suffers from many impacts, due to the proximity of residences, roads, trade and various other human activities, irregular garbage disposal, lack of riparian forest. All these impacts generate waste and effluents that end up stopping in or around the bed. In this context, this study aimed to verify if the potentially toxic metal (Cadmium) is available and at levels toxic to fish in the ecosystem. Three fish and water samples were collected at 3 points along the upper section of the Ribeirão Cafezal basin, using manual and electric fishing, with a sampling effort of 40 minutes each. Thirty-eight individuals from 7 different species were used between December 2014 and April 2015. The analysis of the detection of potentially toxic metals in UTFPR, Campus Apucarana, was carried out. The concentrations presented were above the limit allowed by ANVISA for fish (0.05 mg / kg). The concentrations of metals did not show significant variations between the sampling points evaluated. Since Ribeirão is used by people for recreation and fishing, it is necessary to continue the monitoring activity, analyzing periodically, identifying sources of pollution and alerting the population about the danger of ingesting potentially toxic metals.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10918
Aparece nas coleções:LD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COEAM_2018_2_16.pdf1,1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.