Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10947
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSilva, Daniel Reis Soares-
dc.date.accessioned2019-04-25T19:59:37Z-
dc.date.available2020-11-27-
dc.date.available2019-04-25T19:59:37Z-
dc.date.issued2018-11-27-
dc.identifier.citationSILVA, Daniel Reis Soares. Efeito dos extratos e substâncias isoladas de Sphagneticola trilobata (L.) Prusk (Asteraceae) sobre a germinação da corda-de-viola (Ipomoea triloba L., Convolvulaceae). 2018. 38 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Santa Helena, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/10947-
dc.description.abstractThe agricultural sector has invested in new technologies to better yields in crops productivity. However, weeds still cause economic losses. Herbicides application is the most used method for the control of weed plants. But its large-scale use has generated plant resistance and environmental problems. Thus, alternatives more effective to the weed control, which minor harmful to the environment, have been investigated worldwide. The use of species that release allelochemicals, like some species of the family Asteraceae, are an alternative to synthetic herbicides. The aims of this work were to evaluate the effect of the aerial parts extract, as well as of their fractions and substances isolated, from wedelia [Sphagneticola trilobata (L.) Prusk] on the germination of the morning glory (Ipomoea triloba L.), a weed that infests different types of crops. The experiments were carried out with the extract and their hexane, ethyl acetate and aqueous fractions at concentrations of 0.25, 0.5 and 1.0 mg/ml. The major substance of the ethyl acetate fraction too was tested in the concentrations 0.125, 0.25, 0.5 and 1.0 mg/ml. Distilled water was used as a negative control and glyphosate as positive control. Three replicates with 20 morning glory seeds were used for each treatment in the in vitro germination test performed in BOD with temperature at 35 ° C, 70% humidity and 12h light-dark cycle. The evaluations were carried out daily, for seven days, to obtain the percentage of germination (% G), radicle and hypocotyl length. Data were submitted to one-way ANOVA statistical test, followed by Dunnet's post-test. The results did not indicate statistical differences in the number of germinated seeds of morning glory seeds in any of the treatments. The aqueous fraction reduced significantly the radicule growth at concentrations of 1.0 and 0.5 mg/ml, whereas the ethyl acetate fraction reduced the length of the hypocotyl at the concentration of 1.0 mg/ml, and the length of the radicle in all concentrations. The ST01 compounds was isolated from ethyl acetate fraction and was identified as the sesquiterpene lactone trilobolide-6-O-isobutyrate. ST01 reduced the initial growth of the radicle at 0.125mg/ml, 0.25mg/ml, 0.5mg/ml, 1mg/ml, similarly to treatment with the glyphosate. The obtained results suggest that the isolated substance affects the initial development of the morning glory weed.pt_BR
dc.description.sponsorshipFundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paranápt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Tecnológica Federal do Paranápt_BR
dc.rightsembargoedAccesspt_BR
dc.subjectErvas daninhaspt_BR
dc.subjectHerbicidaspt_BR
dc.subjectTrepadeirapt_BR
dc.subjectWeedspt_BR
dc.subjectHerbicidespt_BR
dc.subjectClimbing plantspt_BR
dc.titleEfeito dos extratos e substâncias isoladas de Sphagneticola trilobata (L.) Prusk (Asteraceae) sobre a germinação da corda-de-viola (Ipomoea triloba L., Convolvulaceae)pt_BR
dc.title.alternativeEffect of extracts and isolated substances from Sphagneticola trilobata (L.) Prusk (Asteraceae) on the germination of the morning glory (Ipomoea triloba L., Concolvulaceae)pt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.description.resumoO setor agrícola tem investido fortemente em tecnologias, permitindo melhor rendimento na produtividade. Mesmo assim, as plantas daninhas ainda causam perdas econômicas, comprometendo a produção. Para o controle dessas plantas, o método mais utilizado é a aplicação de herbicidas, cujo uso em larga escala tem contribuído para a seleção de populações de plantas resistentes e problemas ambientais. Devido a isso, alternativas mais eficazes no controle das plantas daninhas, e que sejam menos nocivas ao meio ambiente, vêm sendo investigadas no mundo todo. Entre essas alternativas, encontra-se a utilização de espécies que liberam aleloquímicos, como é caso de algumas espécies da família Asteraceae. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do extrato de lavagem das partes aéreas, bem como das frações e substância isolada da vedélia S. trilobata sobre a germinação da corda-de-viola (I. triloba). Os experimentos (teste de germinação e desenvolvimento da radícula e hipocótilo) foram realizados com o extrato e frações hexânica, acetato de etila e aquosa do caule e folhas da vedélia nas concentrações de 0,25, 0,5 e 1,0 mg/ml, e a substância majoritária da fração acetato de etila nas concentrações 0,125, 0,25, 0,5 e 1,0 mg/ml. Água destilada foi utilizada como controle negativo e o glifosato foi utilizado nas mesmas concentrações como controle positivo. Foram utilizadas três repetições, com 20 sementes da corda-de-viola, para cada tratamento no teste germinação in vitro, o qual foi realizado em BOD com temperatura a 35°C, 70% de umidade e ciclo claro-escuro de 12h. As avaliações foram realizadas diariamente, por sete dias, para obtenção de dados referentes ao número de sementes germinadas, comprimento da radícula e hipocótilo. Os dados obtidos foram submetidos à ANOVA one-way, seguida de pós-teste de Dunnet. Os resultados não indicaram alterações significativas no número de sementes germinadas da corda-de-viola em nenhum dos tratamentos. Embora não tenha sido observada redução na germinação das sementes, a fração aquosa reduziu significativamente o crescimento da radícula nas concentrações de 1,0 e 0,5 mg/ml. Enquanto a fração acetato-de-etila alterou significativamente o comprimento do hipocótilo na concentração de 1,0 mg/ml, e o comprimento da radícula em todas as concentrações avaliadas. Através de métodos cromatográficos foi possível o isolamento do composto ST01, identificado como sendo a lactona sesquiterpênica trilobolido-6-O-isobutirato, substância majoritária da fração acetato de etila. O efeito da ST01 sobre o crescimento inicial da radícula teve resultados significativos perante a testemunha nas concentrações 0,125 mg/ml, 0,25 mg/ml, 0,5 mg/ml, 1 mg/ml, de maneira similar ao que ocorreu com as sementes tratadas com o glifosato. Os resultados obtidos sugerem que a substância isolada afeta o desenvolvimento inicial da corda-de-viola e possui um alto potencial para agir como um herbicida em I. triloba através do seu efeito durante a germinaçãoe o crescimento.pt_BR
dc.degree.localSanta Helenapt_BR
dc.publisher.localSanta Helenapt_BR
dc.contributor.advisor1Oliveira, Rejane Barbosa de-
dc.contributor.referee1Alves, Dejane Santos-
dc.contributor.referee2Ascari, Jociani-
dc.contributor.referee3Oliveira, Rejane Barbosa de-
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programLicenciatura em Ciências Biológicaspt_BR
dc.publisher.initialsUTFPRpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICASpt_BR
Aparece nas coleções:SH - Licenciatura em Ciências Biológicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SH_COBIO_2018_2_03-.pdf
  Disponível a partir de 2020-11-27
972,33 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.