Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11019
Título: Teoria dos jogos aplicada à tomada de decisões em processos flexíveis de manufatura
Título(s) alternativo(s): Game theory applied to decision making in flexible manufacturing processes
Autor(es): Silva, Weverton Bueno da
Orientador(es): Teixeira, Marcelo
Palavras-chave: Jogos eletrônicos
Sistemas de controle supervisório
Controle de processo
Sistemas de tempo discreto
Produção enxuta
Electronic games
Supervisory control systems
Process control
Discrete-time systems
Lean manufacturing
Data do documento: 22-Jun-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: SILVA, Weverton Bueno da. Teoria dos jogos aplicada à tomada de decisões em processos flexíveis de manufatura. 2018. 46 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2018.
Resumo: A Teoria de Controle Supervisório (TCS) é uma abordagem que permite a síntese automática de controladores para processos industriais, que se comportam de maneira robusta, sem bloqueios e de acordo com um conjunto de requisitos pré especificados. Apesar de sua solidez teórica, a TCS diretamente não atribui flexibilidade aos sistemas de controle resultantes. A TCS habilita, em cada estado, um conjunto de eventos, mas não permite decidir sobre as escolhas e prioridades dentro desse conjunto possível. Como essa característica predomina e dirige os sistemas modernos de manufatura flexível, passa a ser necessário enriquecer a TCS com novas estruturas que permitam lidar com tais características, tornando-a assim aplicável ao atual conceito de controle industrial. Este trabalho se propõe a abordar um processo flexível de manufatura como um jogo por turnos. Dessa forma, ser ˜ao utilizadas técnicas e estruturas provenientes da Teoria dos Jogos como método para tomada de decisões sobre processos flexíveis, possibilitando a alteração da sequência de produção dinamicamente.
Abstract: Supervisory Control Theory (SCT) is an approach that allows to automatically synthesize controllers for industrial processes, which behave robustly, without blockings and according to a set of pre-specified requirements. Despite its theoretical formulation, the SCT directly does not assign flexibility to the resulting control systems. The SCT enables, at each state, a set of possible events, but does not allows to decide about choices and priorities inside this set. As such characteristic predominates and guides modern flexible manufacturing systems, it is necessary to enrich the SCT with new structures that allow addressing it, thus making it applicable to the current concept of industrial control. This paper approaches a flexible manufacturing process as a turn-based game. In this way, techniques and structures from the Game Theory are used as a method for decision-making on flexible processes, allowing to change the production sequence dynamically.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11019
Aparece nas coleções:PB - Engenharia de Computação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_COENC_2018_1_09.pdf644,32 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.