Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11316
Título: Avaliação da sobrecarga térmica em uma empresa de refusão e extrusão de alumínio para a função de forneiro
Título(s) alternativo(s): Thermal overload assessment in an aluminum remelt company for furnace workers
Autor(es): Neves, Raphael Iury
Orientador(es): Silva, Jorge Marcos da
Palavras-chave: Higiene do trabalho
Calor - Medição
Alumínio - Indústria
Industrial hygiene
Heat - Measurement
Aluminum industry and trade
Data do documento: 3-Out-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: NEVES, Raphael Iury. Avaliação da sobrecarga térmica em uma empresa de refusão de alumínio para a função de forneiro. 2017. 32 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2017.
Resumo: O alumínio tem grande representatividade na economia mundial, é matéria prima para fabricação de uma ampla variedade de produtos devido suas características físico-químicas que também lhe conferem grande possibilidade de reciclagem. Na reciclagem do alumínio, a sucata passa para o estado líquido em fornos com até 800 °C e em seguida é submetido a uma etapa de correção da liga para então, passar para o estado sólido, na forma de tarugos. Esse processo é causa de muitos acidentes de trabalho, também expõe o trabalhador a situações de insalubridade, devido a temperatura elevada. Dessa forma, buscou-se avaliar de forma quantitativa a carga térmica e as condições de trabalho na refusão do alumínio e as atividades avaliadas foram nos seguintes setores: estoque da matéria prima, forno de alimentação, envase, suporte dos tarugos e fornos de envelhecimento. Para a avaliar a sobrecarga térmica utilizou-se o medidor TGD-300, com certificado de calibração vigente, da fabricante Instrutherm® e os procedimentos foram baseados na norma NR-15 (Brasil, 1978) e NHO 06 (Brasil, 2002). Todos os setores analisados estiveram com níveis calor abaixo dos limites de tolerância impostos pela norma regulamentadora, exceto o setor envase que apresentou um IBUTG médio de 29,06, enquanto o limite de tolerância se encontra na faixa de 28,50, onde recomenda-se que a o trabalhador permaneça mais tempo no local de descanso ou que a rotina de trabalho seja dividida entre mais colaboradores.
Abstract: The Aluminum is highly representative in the world economy, it is a raw material for the manufacture of a wide variety of products due to its physico-chemical characteristics that also give it a great possibility of recycling. In the recycling of aluminum, the scrap is transferred to the liquid state in furnaces up to 800 °C, subjected to a correction step of the alloy, and then transferred to the solid state in the form of billets. This process is the cause of many accidents at work, also exposes the worker to situations of unhealthiness, due to high temperature. In this way, the present study evaluated quantitatively the thermal overload, the work conditions at the aluminum recycling in the following sectors: stock of the raw material, feed furnace, pouring, support of the billets and aging furnaces. In order to evaluate the thermal overload, the instrument used was the TGD-300, with calibration certificate in force, of the manufacturer Instrutherm® and the procedures were based on NR-15 (Brazil, 1978) and NHO 06 (Brazil, 2002). All the analyzed sectors were with heat levels below the tolerance limits imposed by the regulatory standard. Except the pouring sector that presented an average IBUTG of 29.06, while the tolerance limit is 28.50, where it is recommended that the worker stays longer in the place of rest or that the routine of work is divided among more employees.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11316
Aparece nas coleções:LD - Engenharia de Segurança do Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_CEEST_VI_2018_18.pdf1,23 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.