Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11362
Título: Avaliação do comportamento do concreto convencional e do concreto de ultra-alto desempenho frente à contaminação por cloretos
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the behavior of conventional concrete and ultra-high performance concrete against chloride contamination
Autor(es): Guzzo, Gabriela
Orientador(es): Mazer, Wellington
Palavras-chave: Concreto
Concreto de alta resistência
Corrosão e anticorrosivos
Concrete
High strength concrete
Corrosion and anti-corrosives
Data do documento: 5-Dez-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: GUZZO, Gabriela. Avaliação do comportamento do concreto convencional e do concreto de ultra-alto desempenho frente à contaminação por cloretos. 2018. 55 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2018.
Resumo: A durabilidade das estruturas de concreto armado vem sendo preocupação constante no campo da engenharia civil. Dentre as causas mais comuns de degradação está a corrosão das armaduras, que pode ser ocasionada pelo ataque de íons cloreto. Diversos fatores influenciam na penetração desses íons, inclusive os materiais, a relação água/cimento e o ambiente de exposição no qual esses elementos estruturais se encontram. Este trabalho teve por objetivo analisar e comparar o comportamento do concreto convencional e do concreto de ultra-alto desempenho frente à contaminação por cloretos. Os ensaios utilizados para avaliação foram o método colorimétrico de aspersão de nitrato de prata e o método de Volhard, aplicados a corpos de prova imersos em solução de cloreto de sódio havia 24 meses. O estudo revelou que, ainda que apresente maior concentração superficial de cloretos, em torno de 0,88% em relação à massa de cimento, o concreto de ultra-alto desempenho se mostra mais resistente à penetração desses íons quando comparado ao concreto convencional, uma vez que a média de profundidade de penetração obtida foi de 1,41 milímetros, o que pode ser explicado pelas características desse material, que o torna superior ao concreto convencional e dificulta a entrada desse agente agressivo.
Abstract: The durability of reinforced concrete structures has been a constant concern of civil engineering. Among the most common causes of degradation is the corrosion of the reinforcement, which can be caused by the attack of chloride ions. Several factors influence the penetration of these ions, including materials, the water/cement ratio and the exposure environment in which these structural elements meet. The objective of this research was to analyze and compare the behavior of conventional concrete and ultra-high performance concrete against chloride contamination. The tests used for the evaluation were the colorimetric method of silver nitrate spray and the Volhard method, applied to specimens immersed in sodium chloride solution for 24 months. The research revealed that, although it presents a higher surface concentration of chlorides, around 0,88% in relation to the cement mass, the ultra-high performance concrete is more resistant to the penetration of these ions when compared to conventional concrete, since the average depth of penetration obtained was 1,41 millimeters, which can be explained by the characteristics of this material, which makes it superior to the conventional concrete and hinder the entry of this aggressive agent.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11362
Aparece nas coleções:CT - Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COECI_2018_2_07.pdf1,42 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.