Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11646
Título: Isolamento e bioprospecção de cepas fúngicas do sudoeste do Paraná
Título(s) alternativo(s): Isolation and bioprospection of fungal strains from southwestern Paraná
Autor(es): Marcante, Priscila Louise
Orientador(es): Cunha, Mário Antônio Alves da
Palavras-chave: Biopolímeros
Polissacarídeos
Fungos
Fermentação
Biopolymers
Polysaccharides
Fungi
Fermentation
Data do documento: 26-Nov-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: MARCANTE, Priscila Louise. Isolamento e bioprospecção de cepas fúngicas do sudoeste do Paraná. 2018. 48 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2018.
Resumo: Polissacarídeos oriundos de organismos vivos apresentam estruturas diversificadas em relação a composição monomérica, grau de ramificação, tipos de ligações e comprimento das cadeias. Os exopolissacarídeos (EPS) ou polissacarídeos extracelulares, são biopolímeros produzidos e excretados para fora das células por alguns microrganismos. Muitos EPS podem atuar como agentes antioxidantes, hipocolesterolêmicos, antivirais, biorremediadores, entre outras funções. Em cultivos submersos, os exopolissacarídeos podem ser recuperados do meio de cultivo livre de células por processos simples como desidratação com etanol. O presente trabalho teve como principal objetivo o isolamento de fungos filamentosos e bioprospecção quanto a produção de EPS. Foram isoladas em placas de ágar Sabouraud com Cloranfenicol, vinte cepas de fungos filamentosos da região rural do município de Pato Branco e do câmpus da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Os fungos selecionados como produtores de EPS foram avaliados quanto ao perfil cinético da produção de EPS e crescimento celular. Os ensaios cinéticos foram conduzidos em frascos Erlenmeyer de 250 mL, contendo Meio Mínimo de Vogel, 20 g L-1 de glicose, pH inicial de 5,5 e incubados em agitador orbital por 96h a 28 ºC e 150 rpm. Os exopolissacarídeos produzidos foram submetidos a caracterização parcial por análises de infravermelho (IV-TF/RTA), difração de raios X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV) e solubilidade em água. Duas cepas de fungos filamentosos foram identificadas como promissoras produtoras de EPS. O isolado n.º 6 produziu 1,31 g L-1 de EPS e 4,63 L-1 de biomassa micelial, enquanto o isolado n.º 14 produziu 1,06 g L-1 e 2,64 g L-1 de EPS e biomassa micelial, respectivamente. Os espectros de infravermelho de ambos os EPS apresentaram bandas características de polissacarídeos, presença de anel de glicose e sugerem a presença de ligação glicosídica tipo β. Os difratogramas de raios X demonstraram que os EPS apresentam estrutura predominantemente amorfa com presença de regiões semicristalinas. A microscopia eletrônica de varredura mostrou a presença de estruturas fibrilares e filmes finos translúcidos com superfície irregular em ambas as amostras. Na amostra n.º 14 também foi observada a presença de estruturas particuladas com dimensões irregulares distribuídas ao longo da superfície. A amostra n.º 6 apresentou maior solubilidade (47,08 mg 100 mL-1) do que a amostra nº. 14 (35,42 mg 100 mL-1).
Abstract: Polysaccharides from living organisms have different structures in relation to the monomeric composition, degree of branching, types of bonds and length of the chains. Exopolysaccharides (EPS) or extracellular polysaccharides, are biopolymers produced and excreted out of cells by some microorganisms. Many EPS can act as antioxidants, hypocholesterolemics, antivirals, bioremediation agents, among other functions. In submerged cultures, the exopolysaccharides can be recovered from the cell-free culture medium by simple processes such as dehydration with ethanol. The present work aimed the isolation of filamentous fungi and bioprospection as the production of EPS. Twenty strains of filamentous fungi were isolated from the rural region of Pato Branco and from the campus of the Federal Technological University of Paraná on Sabouraud-chloramphenicol agar plates. The fungi selected as producers of EPS were evaluated for the kinetic profile of EPS production and cell growth. The kinetic assays were conducted in 250 mL Erlenmeyer flasks, containing Minimal Vogel Medium, 20 g L-1 glucose, initial pH 5.5 in orbital incubator for 96h at 28 °C and 150 rpm. The exopolysaccharides produced were subjected to partial characterization by analysis of Infra-Red (IV-FT/ATR), X-Ray diffraction (XRD), scanning electron microscopy (SEM) and water solubility. Two strains of filamentous fungi were identified as promising EPS producers. The isolate no. 6 produced 1.31 g L-1 of EPS and 4.63 L-1 of mycelial biomass, while isolate no. 14 yielded 1.06 g L-1 and 2.64 g L-1 EPS and mycelial biomass, respectively. The infrared spectra of both EPS showed characteristic bands of polysaccharides, presence of glucose ring and suggest the presence of β type glycosidic binding. The X-Ray diffractograms showed that the EPS are predominantly amorphous, with semicrystalline regions. Scanning electron microscopy showed the presence of fibrillar structures and translucent thin films with irregular surface in both samples Particulate structures with irregular dimensions distributed along the surface were also observed in sample no. 14. Sample no. 6 showed higher solubility (47.08 mg 100 mL-1) than sample no 14 (35.42 mg 100 mL-1).
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11646
Aparece nas coleções:PB - Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_DAQUI_2018_2_2.pdf1,62 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.