Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11654
Título: Fracionamento bioguiado de folhas de Syzygium malaccense
Título(s) alternativo(s): Bioguided fractionation of the jambo (Syzygium malaccense) leaf extract
Autor(es): Silva, Cleidiane da
Orientador(es): Oldoni, Tatiane Luiza Cadorin
Palavras-chave: Antioxidantes
Compostos bioativos
Produtos naturais
Jambo
Antioxidants
Bioactive compounds
Natural products
Syzygium
Data do documento: 30-Nov-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: SILVA, Cleidiane da. Fracionamento bioguiado de folhas de Syzygium malaccense. 2018. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2018.
Resumo: O Syzygium malaccense é uma planta de origem asiática que se adaptou ao clima das regiões norte, nordeste e sudeste do Brasil, utilizada pela medicina popular na alimentação e no tratamento de distúrbios gastrintestinais, em inflamações e no diabetes. As plantas são consideradas matrizes complexas de estudo pois, em geral, apresentam uma composição química bastante complexa e variada. Para um completo estudo de caracterização química e determinação dos compostos responsáveis pelas atividades biológicas do material em estudo, torna-se necessário separar os compostos para, na sequência, determinar suas atividades biológicas. A separação das substâncias bioativas pode ser realizada a partir do fracionamento bioguiado, que tem como principal característica concentrar a bioatividade nos compostos purificados, facilitando e viabilizando o estudo de substâncias bioativas em amostras complexas. Dentro desse contexto, o objetivo deste trabalho foi realizar um fracionamento sólido-liquido bioguiado a partir do extrato das folhas de S. malaccense coletadas na cidade de Jacupiranga – SP, utilizando a atividade antioxidante como ferramenta para a bioatividade. O fracionamento foi realizado a partir do extrato hidroalcoólico liofilizado da planta utilizando seis solventes em ordem crescente de polaridade (hexano, diclorometano, acetato de etila, acetona, etanol e etanol:água) e os extratos obtidos foram avaliados quanto a capacidade antioxidante a partir das técnicas in vitro (DPPH•, ORAC e FRAP), pelo teor de compostos fenólicos totais e flavonoides e por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE). Os melhores resultados para a atividade antioxidante foram obtidos para as frações com características mais polares como a fração em etanol, que apresentou a maior capacidade de captura do radical DPPH (3412 μmol ET g-1) e de redução do ferro pela análise de FRAP (17173 μmol Fe2+ g-1); a fração em acetato de etila, com a maior capacidade de sequestro dos radicais peroxila (4785 μmol ET g-1) e a fração em acetona, com teor de compostos fenólicos totais de 349,3 mg EAG g-1 e teor de flavonoides de 581,7 mg EQ g-1, frações nas quais foram identificados os compostos fenólicos catequina, miricitrina, quercetina e ácido gálico.
Abstract: Syzygium malaccense is a plant of Asian origin that has adapted to the climate of the northern, northeastern and southeastern regions of Brazil, used in popular medicine for food and in the treatment of gastrointestinal disorders, inflammation and diabetes. The plants are considered complex matrices of study because, in general, they present a very complex and varied chemical composition. For a complete study of chemical characterization and determination of the compounds responsible for the biological activities of the study material, it is necessary to separate the compounds in order to determine their biological activities. The separation of bioactive substances can be performed from the bioguided fractionation, whose main characteristic is to concentrate the bioactivity in the purified compounds, facilitating and making feasible the study of bioactive substances in complex samples. In this context, the objective of this work was to perform a solid-liquid fractionation bioguided from the extract of S. malaccense leaves collected in the city of Jacupiranga - SP, using the antioxidant activity as a tool for bioactivity. The fractionation was performed from the lyophilized hydroalcoholic extract of the plant using six solvents in increasing order of polarity (hexane, dichloromethane, ethyl acetate, acetone, ethanol and ethanol: water) and the extracts obtained were evaluated for antioxidant capacity from in vitro techniques (DPPH•, ORAC and FRAP), total phenolic compounds and flavonoids, and high performance liquid chromatography (HPLC). The best results for the antioxidant activity were obtained for the fractions with more polar characteristics, such as the fraction in ethanol, which presented the highest capacity of capture of the radical DPPH (3412 μmol ET g-1) and iron reduction by the analysis of FRAP (17173 μmol Fe2+ g-1); the fraction in ethyl acetate, with the greater scavenger capacity of peroxil radicals (4785 μmol ET g-1), and the acetone fraction with total phenolic compounds content of 349.3 mg EAG g-1 and flavonoid content of 581.7 mg EQ g-1, fractions in which the phenolic compounds catechin, myricitrin, quercetin and gallic acid were identified.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11654
Aparece nas coleções:PB - Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_DAQUI_2018_2_10.pdf775,19 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.