Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11658
Título: Zeólitas naturais: aplicação da clinoptilolita como trocadora de cátions
Título(s) alternativo(s): Natural zeoilites: application da clinoptilolita as a cation exchanger
Autor(es): Knebel, Carla Camila
Orientador(es): Ferri, Elídia Aparecida Vetter
Palavras-chave: Zeolitos
Adsorção
Sódio
Potássio
Zeolites
Adsorption
Sodium
Potassium
Data do documento: 3-Dez-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: KNEBEL, Carla Camila. Zeólitas naturais: aplicação da clinoptilolita como trocadora de cátions. 2018. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2018.
Resumo: Este trabalho tem como objetivo avaliar o potencial de um mineral silicato do grupo das zeólitas, a Clinoptilolita, para tratamento de águas residuais contendo K+. Zeólitas são aluminossilicatos hidratados formados por estruturas cristalinas tridimensionais de tetraedros de sílica (SiO4)-4 e alumina (AlO4)-5. A substituição isomórfica de Si4+ por Al3+, dá origem a uma carência de carga positiva, que é estabilizada por cátions de metais alcalinos e alcalinos terrosos. A capacidade de troca catiônica (CTC) e a capacidade de recuperação do elemento K+ do reagente Cloreto de Potássio foram analisadas por equipamento de Espectrofotômetro de Absorção Atômica a fim de se obter um valor teórico para a capacidade de adsorção (CAT). A maior porcentagem de remoção do cátion K+ foi obtida com o maior valor de zeólita fornecido (62 % para 50g de zeólita). No entanto, quando comparado com a capacidade teórica, o melhor resultado obtido foi 150 vezes maior quando 10 g de zeólita foram utilizadas. Portanto, na avaliação de recuperação do K+, a zeólita promoveu uma redução significativa nos teores de K+ na solução, mesmo apresentando baixo valor de CTC.
Abstract: This work aims to evaluate the potential of a silicate mineral from the zeolite group, a Clinoptilolite, for the treatment of marine residues containing potassium. Zeolites are hydrated aluminosilicates formed by three-dimensional crystal structures of silica (SiO4)-4 and alumina (AlO4)-5 tetrahedrons. The isoform substitution of Si 4+ by Al 3+ is a positive charge shortage, which is stabilized by cations of alkali and alkali earth metals. The cationic exchange capacity (CEC) and recovery capacity of K+ from potassium chloride were evaluated through atomic absorption spectrophotometer in order to obtain a theoretical value for adsorption capacity (TAC). The highest removal percentage of K+ cation was obtained for the highest value of zeolite provided (62 % for 50 g of zeolite). Nevertheless, when compared to the theoretical capacity, the best result was 150-fold higher when used 10 g of zeolite. Therefore, the evaluation of K+ recovery showed a significant reduction of K+ in solution, even though CTC was low.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11658
Aparece nas coleções:PB - Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_DAQUI_2018_2_14.pdf537,66 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.