Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11672
Título: "Raus é house?": uma reflexão sobre a percepção de professores de inglês sobre influência da oralidade na escrita em L2
Título(s) alternativo(s): "Raus is house?": a reflection on the perception of english teachers on the influence of oral production in L2 written production
Autor(es): Macedo, Luiza Cristiane Ribeiro dos Santos
Orientador(es): Albuquerque, Jeniffer Imaregna Alcantara de
Palavras-chave: Linguagem e línguas - Estudo e ensino
Línguas modernas
Língua inglesa
Língua inglesa - Estudo e ensino - Falantes de português, [Espanhol, etc.]
Language and languages - Study and teaching
Languages, Modern
English language
English language - Study and teaching |x French, [Spanish, etc.] speakers
Data do documento: 14-Out-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: MACEDO, Luiz Cristiane Ribeiro dos Santos. "Raus é house?": uma reflexão sobre a percepção de professores de inglês sobre influência da oralidade na escrita em L2. 2016. 40 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Ensino de Línguas Estrangeiras Modernas) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2016.
Resumo: À luz do conceito construtivista de ensino-aprendizagem de inglês como língua estrangeira, este trabalho teve como objetivo analisar as concepções sobre o ensino-aprendizagem da escrita em inglês como L2 por aprendizes brasileiros na faixa dos 8 e 9 anos de idade. O presente trabalho, leva em consideração os estudos de Zimmer e Alves (2006) e Percegona (2005), sobre as relações grafo-fônicas que podem interferir nas produções escritas. Além disso, também se investigou se essas interferências da língua materna foram consideradas por professores de língua como erros ou como parte do processo de aprendizado da L2. Para tanto, o trabalho se baseia nos estudos de Albuquerque (2012), Resque (2010) e Santos (2015), no que tange o processo de aquisição da L2 e as distintas concepções sobre erros. Por fim, com base nos estudos de Ruiz (2011) e Beretta (2001), esse estudo comparou metodologias de ensino e de correção textual de professores de língua inglesa. A partir de um questionário qualitativo aplicado com professores escolas particulares e públicas de Curitiba, foi encontrado, dentro outros achados, que a maioria dos professores possuía uma percepção de erro como um defeito dentro da produção escrita dos alunos e não como parte de um processo de aprendizagem, como que inserido dentro de uma visão mais holística de aprendizagem de uma L2.
Abstract: Taking into account the construcvist conception of english teaching-learning process as a foreign language, this work aims to analyze the conceptions of teaching-learning on english writting as an L2 by brazilians students aged between 9 and 10 years old. This work is based on some authors’ studies as Zimmer and Alves (2006) and Percegona (2005) about the grafo-phonic relations which may interfere in writting production. Furthermore, it was also investigated if the mother tongue interferences were considered by language teachers as mistakes/errors or as part of the L2 learning process. For this purpose, this work is based on Albuquerque (2012), Resque (2010) and Santos’ (2015) studies about an L2 acquisition process and the distinct conceptions of mistakes. In conclusion, based on Ruiz (2001) and Beretta (2001), this work compared teaching methodologies and types of text corrections of english teachers. It was also applied a qualitative questionnaire with teachers from private and public schools from Curitiba where it was found that most teachers had a perception of mistakes as a failing process on students’ writtings and not as part of the learning process, as in a holistic perspective on L2 learning.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11672
Aparece nas coleções:CT - Ensino de Línguas Estrangeiras Modernas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_CELEM_XII_2016_5.pdf861,04 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.