Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1172
Título: A estagnação social acentuada pela falta de transporte público coletivo no bairro da Caximba, município de Apiaí - SP
Autor(es): Bueno, Jaqueline Soraia Santini
Orientador(es): Muniz, Sérgio Tadeu Gonçalves
Palavras-chave: Transporte urbano
Política pública - Transporte
Transportes - Planejamento
Desenvolvimento social
Urban transportation
Public policy - Transportation
Transportation - Planning
Progress
Data do documento: 2-Dez-2011
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: BUENO, Jaqueline Soraia Santini. A estagnação social acentuada pela falta de transporte público coletivo no bairro da Caximba, município de Apiaí - SP. 2011. 60 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Apiaí, 2011.
Resumo: Este trabalho tem como objetivo elevar os olhos das autoridades estaduais e municipais de Apiaí – SP, para a criação de políticas públicas voltadas ao oferecimento de serviços de transporte coletivo aos moradores do Bairro Caximba. Este distante a apenas alguns poucos quilômetros da sede do município sofre com problemas de falta de infra-estrutura em saneamento básico, moradia, educação, emprego. Bem de ver, estes são direitos que a própria Constituição brasileira contempla e assegura a todos. No entanto, a população do Bairro Caximba se vê excluída econômica, profissional e socialmente estando à mercê de pouca ou nenhuma oportunidade de engajamento social. Diante desta realidade de extrema pobreza e da própria estagnação a que se vêem subjugados é que este trabalho foi concebido a fim de buscar soluções viáveis para a resolução dos problemas apontados. Assim, metodologicamente foi construído através de pesquisas bibliográficas em conjunto com um Estudo de Caso. Tal procedimento procurou congraçar em seu liame os aspectos teóricos e práticos para conhecimento e descrição da realidade de uma população carente e socialmente estagnada. Esta situação se agrava pela falta de transporte público e coletivo que lhe permitiria locomoção em busca de emprego, renda, desenvolvimento local e pessoal. Enfim, para uma subsistência digna e com garantia de todos os direitos que lhes assistem como cidadãos críticos, participativos e transformadores de suas próprias histórias.
Abstract: This paper aims to raise the eyes of state and municipal Apiaí - SP, for the creation of public policies aimed at providing transportation services to residents of the District Caximba. This far only a few kilometers from the headquarters of the city suffers from problems of lack of infrastructure, sanitation, housing, education, employment. Well seen, these are rights that the Brazilian Constitution contemplates and provides for all. However, the population of the district Caximba see themselves as excluded economically, professionally and socially while at the mercy of little or no opportunity for social engagement. Given this reality of extreme poverty and stagnation itself to which they are subjugated is that this study was designed to seek viable solutions to solve the problems mentioned. Thus, methodologically was constructed through literature searches in conjunction with a Case Study. This procedure sought to ingratiate his bond in the theoretical and practical knowledge and a description of the reality of the poor and socially stagnant. This situation is aggravated by the lack of public transportation and public transportation that would allow him to seek employment, income, local and personal development. Anyway, for a decent livelihood and security of all their rights as citizens critical, participatory and processors of their own stories.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1172
Aparece nas coleções:CT - Gestão Pública Municipal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_GPM_I_2011_42.PDF3 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.