Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11744
Título: Desempenho de painéis solares de múltiplas tecnologias frente à radiação solar da região de Curitiba
Título(s) alternativo(s): Performance of multiple technologies solar panels faced with the solar radiation of the Curitiba region
Autor(es): Morita, Igor Omori
Orientador(es): Melo Júnior, Celso Fabrício de
Palavras-chave: Energia - Fontes alternativas - Curitiba (PR)
Energia Solar
Sistemas de energia fotovoltaica
Coletores solares
Engenharia elétrica
Renewable energy sources - Curitiba (PR)
Solar energy
Photovoltaic power systems
Solar collectors
Electric engineering
Data do documento: 3-Dez-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: MORITA, Igor Omori. Desempenho de painéis solares de múltiplas tecnologias frente à radiação solar da região de Curitiba. 2018. 37 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2018.
Resumo: O contínuo avanço tecnológico vem acompanhado do considerável aumento da demanda de energia elétrica, tornando-a de extrema importância para a humanidade. Atualmente, as fontes de energia predominantes no mundo são finitas e não são ambientalmente sustentáveis. Desta forma, a energia solar fotovoltaica por ser limpa e infinita é muito promissora. O objetivo desse trabalho foi analisar o desempenho de três conjuntos de painéis solares fotovoltaicos diferentes com relação às radiações solares. Os dados da energia gerada pelos painéis e das radiações incidentes sobre os mesmos foram fornecidos pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (TECPAR), localizado em Curitiba. Nesse estudo foram realizadas comparações da energia elétrica gerada por cada conjunto de painéis, silício amorfo, silício policristalino e silício monocristalino em relação à radiação direta e difusa. Portanto, concluiu-se que o conjunto que gerou mais energia foi o de silício policristalino, seguido do silício monocristalino e silício amorfo, respectivamente.
Abstract: O contínuo avanço tecnológico vem acompanhado do considerável aumento da demanda de energia elétrica, tornando-a de extrema importância para a humanidade. Atualmente, as fontes de energia predominantes no mundo são finitas e não são ambientalmente sustentáveis. Desta forma, a energia solar fotovoltaica por ser limpa e infinita é muito promissora. O objetivo desse trabalho foi analisar o desempenho de três conjuntos de painéis solares fotovoltaicos diferentes com relação às radiações solares. Os dados da energia gerada pelos painéis e das radiações incidentes sobre os mesmos foram fornecidos pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (TECPAR), localizado em Curitiba. Nesse estudo foram realizadas comparações da energia elétrica gerada por cada conjunto de painéis, silício amorfo, silício policristalino e silício monocristalino em relação à radiação direta e difusa. Portanto, concluiu-se que o conjunto que gerou mais energia foi o de silício policristalino, seguido do silício monocristalino e silício amorfo, respectivamente.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11744
Aparece nas coleções:CT - Engenharia Elétrica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COELE_2018_2_22.pdf1,01 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.