Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11810
Título: Técnicas para recuperação de ponte de concreto armado: estudo de caso
Título(s) alternativo(s): Techniques for recovery of reinforced concrete bridge: case study
Autor(es): Santos, Carolina Gallas dos
Orientador(es): Benetti, Heloiza Aparecida Piassa
Palavras-chave: Patologia
Pontes de concreto
Concreto armado
Pathology
Bridges, Concrete
Reinforced concrete
Data do documento: 20-Nov-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: SANTOS, Carolina Gallas dos. Técnicas para recuperação de ponte de concreto armado: estudo de caso. 2018. 62 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2018.
Resumo: A presença de patologias em pontes de concreto armado é um problema muito recorrente no Brasil, o que faz com que essas estruturas tenham uma diminuição de sua vida útil, entrando em processo de deterioração ao longo do tempo. Encontrar técnicas para identificação das patologias em pontes e métodos para sua recuperação é uma alternativa eficaz para que esse cenário seja modificado. Existe no sudoeste do Paraná um número significativo de pontes construídas desde a década de sessenta, que apresentam carência de acompanhamento e manutenção periódica, propiciando o surgimento de patologias. Desta maneira, este trabalho tem como objetivo propor técnicas para diagnóstico e recuperação de um cenário patológico em uma ponte com estrutura mista de concreto armado e elementos metálicos, localizada no Sudoeste do Paraná. A ponte selecionada foi a ponte sobre o Rio Xagú, e neste estudo de caso foi utilizado o método de inspeção visual com registro fotográfico, que permitiu chegar a um diagnóstico das patologias. Com este diagnóstico pode-se observar que a inoperância das juntas de dilatação causou o surgimento de trincas junto ao pórtico de concreto, permitindo a entrada de água na estrutura e causando outras patologias como lixiviação, carbonatação, corrosão das armaduras e desplacamento do concreto. Essa análise mostra que as patologias não ocorrem de maneira isolada, e para que a estrutura seja recuperada não basta reparar cada patologia individualmente, e sim levar em consideração a origem do problema, para que a estrutura não volte a se deteriorar.
Abstract: Reinforced concrete bridges that suffer with the presence of pathologies are a recurrent problem in Brazil, which causes these structures to have a decrease in their service life, entering into a process of deterioration over time. Finding techniques to identify these pathologies and methods for their recovery is an effective alternative for this scenario to be modified. This study presented an analysis of a bridge located at southwest of the State of Paraná, Brazil, diagnosing its pathologies and presenting techniques for its recovery. The matter of this case study is reasoned due to the significant number of reinforced concrete bridges built since the sixties in the state of Paraná that wasn’t monitored over time, propitiating the emergence of pathologies. The selected structure was the bridge over Xagú River, a mixed structure of reinforced concrete and metallic elements, diagnosed by a visual inspection. Its diagnosis showed that the failure of the expansion joints allowed water to pass through the concrete portico to the bottom of the slab, and the presence of the water caused other pathologies in the structure, such as leaching, carbonation, corrosion of reinforcement and displacement of concrete. This review concludes that pathologies didn’t occur in isolation, it isn’t enough that the recovering of the pathologies occurs individually, but the source of the problem must be considered so that the bridge can be completely restored.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11810
Aparece nas coleções:PB - Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_COECI_2018_2_46.pdf
  Disponível a partir de 5000-01-01
2,68 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.