Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11900
Título: Produção de carvão ativado a partir da casca de sementes de pinhão da Araucária angustifólia
Título(s) alternativo(s): Actived charcoal from the bark pinion seeds of Araucária angustifólia
Autor(es): Nebes, Elizabeth Mello
Orientador(es): Bertozzi, Janksyn
Palavras-chave: Carbono ativado
Cascas
Pinhão
Araucaria angustifólia
Carbon, Activated
Bark
Pinyon pines
Brazilian pine
Data do documento: 8-Jul-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: NEBES, Elizabeth Mello. Produção de carvão ativado a partir da casca de sementes de pinhão da Araucária angustifólia. 2019. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2019.
Resumo: A casca da semente da Araucária angustifólia apresenta-se como uma boa fonte de matéria prima para produção de carvão ativado devido a sua abundância, composição, sua estrutura vegetal contém uma elevado porcentual de lignina, hemicelulose e celulose. Além disso, o consumo de sua semente é tradicional nos estados do sul do Brasil e sua casca geralmente é descartada. O preparo de carvão ativado é um processo que ocorre em duas etapas, a carbonização do precursor e a ativação. Na segunda etapa do processo, acontecem interações entre diferentes variáveis como: temperatura, tempo e concentração de ativante que podem resultar em modificações nas propriedades de adsorção do carvão. Analisando a influências dessas variáveis por meio de planejamento experimental pode-se otimizar o processo de produção do carvão ativado. Neste trabalho, realizou-se um planejamento composto central rotacional com três fatores (temperatura, tempo, razão/ativante) e cinco níveis codificados, resultando em 18 experimentos. Os experimentos 8 e 10 apresentaram resultados 99,9616%, 99,9884% respectivamente no teste de índice de azul de metileno demostrando alta eficiência. Verificou-se por meio da análise de variância, Anova, e os resultados do modelo de regressão que os fatores temperatura e razão/ativante são significativos na ativação de carvão proveniente desta biomassa.
Abstract: The seed bark of Araucaria angustifolia is a good source of raw material for the production of activated charcoal due to its abundance, composition, its vegetal structure contains a high percentage of lignin, hemicellulose and cellulose. In addition, the consumption of its seed is traditional in the southern states of Brazil and its bark is usually discarded. Activated charcoal preparation is a two step process, precursor carbonization and activation. In the second step of the process, interactions between different variables such as: temperature, time and concentration of activator that can result in modifications in the adsorption properties of the coal. Analyzing the influences of these variables through experimental planning can optimize the process of production of activated carbon.In this work, a central rotational composite planning was performed with three factors (temperature, time, ratio ) and five coded levels, resulting in 18 experiments. Experiments 8 and 10 presented 99.9616%, 99.9884%, respectively, in the methylene blue test, showing high efficiency. It was verified by means of the analysis of variance, Anova, and the results of the regression model that the factors temperature and ratio are significant in the activation of coal coming from this biomass.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/11900
Aparece nas coleções:LD - Licenciatura em Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COLIQ_2019_1_04.pdf1,15 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.