Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12042
Título: Teores de cafeína, teobromina e compostos fenólicos totais em amostras de folhas de Ilex paraguariensis
Título(s) alternativo(s): Levels of caffeine, theobromine and total phenolic compounds in leaves of Ilex paraguariensis
Autor(es): Ruiz, Henrique Zavattieri
Orientador(es): Liz, Marcus Vinicius de
Palavras-chave: Erva-mate
Calibração
Fotografia infravermelha
Cafeína
Mate plant
Calibration
Infrared photography
Caffeine
Data do documento: 1-Dez-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: RUIZ, Henrique Zavattieri. Teores de cafeína, teobromina e compostos fenólicos totais em amostras de folhas de Ilex paraguariensis. 2015. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2015.
Resumo: Atualmente o Brasil é um dos maiores produtores mundiais de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hill) com maior parte da produção em plantios comerciais sem melhoramento genético ou extrativismo em áreas de ocorrência natural. A produção e acúmulo de compostos de interesse como as metilxantinas (e.g. cafeína e teobromina) e compostos fenólicos (e.g. flavonoides) podem apresentar variações tanto por fatores genéticos como por fatores ambientais. Tendo em vista que estes compostos agregam valor comercial à erva-mate e são indicativos de qualidade do produto final consumido. O presente trabalho teve como objetivo quantificar os teores de cafeína e teobromina por cromatografia líquida de alta eficiência com detector de arranjo de diodos e compostos fenólicos totais por espectroscopia UV-Visível, método Folin Ciocalteu, em extratos preparados pela infusão de folhas secas e trituradas em água fervente a partir de folhas de 52 progênies de erva-mate, 49 procedentes de Ivaí/PR e 3 cultivadas na Embrapa Florestas. Esta relação irá auxiliar na seleção de indivíduos que serão clonados e avaliados em experimentos futuros de melhoramento genético realizados em parceria com a Embrapa Florestas. Espectros de infravermelho próximo foram obtidos do material seco e triturado na tentativa de criação de um modelo de estimativa dos teores avaliados por calibração multivariada. Foi observada uma grande variação nos teores encontrados nos extratos avaliados, sendo o teor máximo de cafeína encontrado de 2,39 g/100g de folha seca, de teobromina 1,56 g/100g e de compostos fenólicos totais 13,38 g/100g. Em 4 amostras avaliadas a concentração de teobromina estava abaixo do limite de quantificação do método, o teor mínimo de cafeína encontrado foi de 0,01 g/100g e a quantidade mínima de compostos fenólicos totais foi de 6,65 g/100g. O modelo obtido por regressão por mínimos quadrados parciais (PLS) permitiu a triagem de amostras que apresentem teores de cafeína acima de 1,5 g/100g de folhas secas.
Abstract: Currently Brazil is one of the largest producers of yerba mate (Ilex paraguariensis St. Hill) with most of the commercial production in plantations without genetic improvement or extraction into areas of natural occurrence. The production and accumulation of compounds of interest such as methylxanthines (i.e. caffeine and theobromine) and phenolic compounds (i.e. flavonoids) can vary by genetic factors as by environmental factors. Thus, a high level of these compounds can enrich the commercial yerba mate and are indicative of quality of the product consumed. This study aimed to quantify the levels of caffeine and theobromine by high-performance liquid chromatography with diode array detector and total phenolic compounds by UV-Visible, Folin Ciocalteu method, in extracts prepared by the infusion of dried and crushed leaves in boiling water from the 52 yerba mate progenies, 49 coming from Ivaí / PR and 3 grown at Embrapa Forests. This quantification will help to select individuals who will be cloned and evaluated in future genetic improvement experiments carried out in partnership with Embrapa Forests. Spectra of near infrared were obtained from the dried and ground material in the attempt to create an estimation model of the levels assessed by multivariate calibration. A wide range in the methylxantines levels found in the extracts evaluated was observed, the maximum level of caffeine found 2.39 g/100 g of dry leaf, theobromine 1.56 g / 100 g and phenolic compounds 13.38 g/100g. In 4 samples evaluated the concentration of the methylxantine theobromine was below the limit of quantification, the minimum content of caffeine was found to be 0.01 g/100g and a minimum amount of phenolic compounds was 6.65 g /100g. The model obtained by partial least squares regression (PLS) allowed the screening of samples with caffeine levels above 1.5 g /100 g of dry leaves.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12042
Aparece nas coleções:CT - Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COQUI_2015_2_03.pdf
  Disponível a partir de 5000-01-01
1,66 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.