Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12169
Título: Produção e caracterização de álcoois a partir do resíduo da batata proveniente da indústria alimentícia
Título(s) alternativo(s): Production and characterization of alcohols from potato residue of the food industry
Autor(es): Maeda, Fabio Massao
Perosa, Vinicius
Orientador(es): Ayala, Luis Alberto Chavez
Palavras-chave: Alcoóis
Batata - Reaproveitamento
Fermentação
Hidrólise
Alcohols
Potatoes - Recycling
Fermentation
Hydrolysis
Data do documento: 5-Abr-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Ponta Grossa
Referência: MAEDA, Fabio Massao; PEROSA, Vinicius. Produção e caracterização de álcoois a partir do resíduo da batata proveniente da indústria alimentícia. 2019. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Química) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2019.
Resumo: Com o crescente aumento da população global, há aumento no consumo de alimentos e, consequentemente, maior geração de resíduos alimentares. A batata é a terceira cultura alimentar mais importante no mundo e gera como principal resíduo a casca da mesma, a qual possui parte do corpo da batata aderida a ela. Álcoois são produzidos a partir da ação fermentativa de leveduras, que utilizam como matéria-prima para o processo os açúcares redutores. O presente trabalho tem como objetivo a produção de álcoois a partir do resíduo de batata da indústria alimentícia, através da hidrólise para liberação de açúcares redutores e posterior fermentação com leveduras. A hidrólise foi realizada utilizando soluções com diferentes concentrações de ácido clorídrico com foco em obter o maior nível de açúcares redutores hidrolisados do amido da batata e do material lignocelulósico da casca. A levedura utilizada foi a Saccharomyces Cerevisiae, presente nos dois modelos utilizados, de levedura seca instantânea Fleischmann comercial e a levedura de cerveja do tipo ale Safale S-04. Os resultados de volume de produção dos álcoois foram analisados em cromatógrafo gasoso. O processo de produção de álcoois foi considerado viável, visto que o resíduo não possuía utilidade para a indústria alimentícia e o volume de etanol obtido nos melhores resultados foram, em média de 3g/100ml, mostrando uma possibilidade para utilização desse resíduo. Contudo, não se obteve uma conclusão concisa quanto à viabilidade econômica do processo.
Abstract: With the increasing of the global population, there is an increase in food consumption and, consequently, a greater generation of food waste. Potato is the third most important food crop in the world and generates as main residue its bark, which contains part of the potato itself adhered to it. Alcohols are produced from the fermentative process of yeasts, those who use the reducing sugars as raw material for the process. The present work aims to add value to the potato residue of the food industry, through the hydrolysis to produce reducing sugars and subsequent fermentation with yeasts, producing alcohols. The hydrolysis was carried out using solutions with different concentrations of hydrochloric acid focused on obtaining the highest level of hydrolyzed reducing sugars of the potato starch and the lignocellulosic material of the potato peel. The yeast used was Saccharomyces cerevisiae, present in the two models used, commercial Fleischmann instant dry yeast and beer yeast model ale Safale S-04. The results of volume produced of the alcohols were analyzed by gas chromatograph. The alcohol production process was considered viable, since the residue had no use for the food industry and the volume of ethanol obtained in the best results were on average 3g/100ml, showing a possibility of use for this residue. However, a concise conclusion on the economic viability of the process has not been obtained.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12169
Aparece nas coleções:PG - Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PG_COENQ_2018_2_04.pdf967,33 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.