Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12289
Título: Análise e quantificação de resíduos de gesso acartonado gerados em uma obra de edifício vertical residencial na cidade de Londrina: estudo de caso
Título(s) alternativo(s): Analysis and quantification of residues of gypsum plaster generated in a vertical residential building work in city of Londrina: case study
Autor(es): Marinhos, Aline Souza
Orientador(es): Souza, Sueli Tavares de Melo
Palavras-chave: Gêsso
Resíduos como material de construção
Logística empresarial
Reaproveitamento (Sobras, refugos, etc.)
Gesso
Waste products as building materials
Business logistics
Recycling (Waste, etc.)
Data do documento: 10-Jul-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: MARINHOS, Aline Souza. Análise e quantificação de resíduos de gesso acartonado gerados em uma obra de edifício vertical residencial na cidade de Londrina: estudo de caso. 58 f. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2019.
Resumo: Os resíduos de gesso provenientes da construção civil são um problema cada vez maior para o meio ambiente e para o orçamento dos empreendedores. Por este motivo, e com os avanços tecnológicos, a partir da CONAMA 431/2011, o gesso passou a integrar a Classe B nos Resíduos da Construção Civil (RCC), que são definidos como passíveis de serem reciclados. Desta forma, este trabalho tem por objetivo quantificar a geração deste resíduo em uma obra de edifício vertical residencial e analisar a viabilidade da reutilização do mesmo dentro da própria obra ou em processo de reciclagem. Esta quantificação foi feita utilizando-se três métodos: amostragem, onde coletou-se os resíduos provenientes da instalação do gesso no forros dos apartamentos de 1 e 2 dormitórios do edifício em questão, extrapolando a média obtida para os demais pavimentos; aplicação de modelo matemático, onde por meio de coeficientes pretendeu-se estimar a quantidade de resíduos que seria gerada na obra antes mesmo de quantifica-lo; e coleta de informação junto à construtora e a empresa de instalação, a fim de comparar os resultados obtidos nos métodos anteriores à quantidade real gerada. Além disso, foi realizada comparação entre os valores de destinação por caçambas, utilizado atualmente e por logística reversa que passou a ser ofertado em algumas situações. Os métodos aplicados para predição mostraram-se subestimados quando comparados com a destinação real fornecida pela empresa. Acredita-se que a disposição dos resíduos nos recipientes coletores e a imprecisão dos instrumentos utilizados para amostragem possam contribuir para esta diferença. Muitas empresas de instalação de gesso já reutilizam pedaços de placas em tarefas menores ou que necessitem de menor precisão, entretanto, ainda é necessário melhorar a fiscalização e o treinamento dos funcionários a fim de evitar as perdas de material por armazenamento incorreto, por exemplo, visto que neste caso o volume de resíduo gerado correspondeu a aproximadamente 57% do volume de gesso demandado para a obra. Observou-se também durante o estudo que a logística reversa nos moldes atuais não é uma alternativa financeiramente viável para a destinação dos resíduos de gesso devido ao custo do transporte. Porém, visto que é uma solução ambientalmente desejável por reduzir os problemas ambientais causados pelo descarte inadequado e adiar o esgotamento dos recursos minerais, recomenda-se procurar outras alternativas para que ocorra esta viabilidade.
Abstract: Gypsum waste from construction is a growing problem for the environment and for the entrepreneurs' budget. For this reason, and with technological advances, from CONAMA 431/2011, gypsum became part of Class B in Civil Construction Waste (RCC), which are defined as capable of being recycled. In this way, this work has the objective of quantifying the generation of this residue in a vertical residential building work and analyzing the feasibility of the reuse of the same in the own work or in the process of recycling. This quantification was done using three methods: sampling, where the residues from the gypsum installation were collected in the lining of the 1 and 2-bedroom apartments of the building in question, extrapolating the average obtained for the other floors; application of mathematical model, where by means of coefficients it was intended to estimate the amount of waste that would be generated in the work before even quantifying it; and collecting information from the construction company and the installation company in order to compare the results obtained in the previous methods to the actual quantity generated. In addition, a comparison was made between the values of bucket allocation, currently used and by reverse logistics, which has been offered in some situations. The methods applied for prediction were underestimated when compared to the actual destination provided by the company. It is believed that the disposal of the waste in the collection vessels and the imprecision of the instruments used for sampling may contribute to this difference. Many gypsum installation companies already reuse pieces of plaques in smaller tasks or require less precision, however, it is still necessary to improve the supervision and training of employees in order to avoid the loss of material due to incorrect storage, such as visa that in this case the volume of waste generated corresponded to approximately 57% of the volume of gypsum demanded for the work. It was also observed during the study that the reverse logistics in the current molds is not a financially viable alternative for the disposal of plaster residues due to the cost of transportation. However, since it is an environmentally desirable solution to reduce environmental problems caused by inadequate disposal and postpone depletion of mineral resources, it is advisable to look for other alternatives for this viability to occur.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12289
Aparece nas coleções:LD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COEAM_2019_1_01.pdf
  Disponível a partir de 2020-07-17
2,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.