Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12442
Título: Tratamento de lixiviado de aterro sanitário por meio do processo de eletrocoagulação e filtração
Título(s) alternativo(s): Treatment of landfill leachate by means of the electrocoagulation and filtration process
Autor(es): Godoi, Mayara Caroline Santos
Orientador(es): Theodoro, Joseane Debora Peruço
Palavras-chave: Aterro sanitário - Lixiviação
Eletrocoagulação
Filtros e filtração
Sanitary landfills - Leaching
Electrocoagulation
Filters and filtration
Data do documento: 5-Jul-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: GODOI, Mayara Caroline Santos. Tratamento de lixiviado de aterro sanitário por meio do processo de eletrocoagulação e filtração. 2019. 53 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2019.
Resumo: A deposição de resíduos em aterros sanitários é uma das soluções cabíveis para resolver a problemática de resíduos urbanos, porém, gera um grave atenuante devido seu potencial elevado de contaminação: o lixiviado O objetivo deste estudo foi aplicar o processo de eletrocoagulação (EC) como tratamento do lixiviado de aterro sanitário, para: comparar sua efetividade ao variar o pH e o tempo, por meio da utilização de eletrodos de ferro; avaliar a eficiência do processo de eletrocoagulação, na remoção dos parâmetros turbidez e cor aparente, e na variação também da corrente elétrica e da condutividade elétrica, analisando os ensaios antes e pós filtração; e avaliar o desempenho dos eletrodos por meio do cálculo de perda de massa e os custos referentes ao processo. Foram realizados 18 ensaios de EC variando pH (ácido, básico e neutro) e tempo (40, 60 e 80 min), e posteriormente foi utilizado um filtro de papel em cada amostra, a fim de verificar se havia redução ou variação dos parâmetros analisados. Constatou-se que a melhor eficiência dos parâmetros cor aparente, cor verdadeira e turbidez ocorreu principalmente no ensaio 10 cujo pH foi 5,83, turbidez de 65,1 uT (42,9 uT pós filtração), cor aparente de 262 uH e cor verdadeira de 262 uH (pós filtração). Os melhores resultados foram, sobretudo, para ensaios cujo pH era ácido após a utilização do filtro. Contudo, quanto menor o pH maior é o desgaste do eletrodo, que acarreta em maior custo de operação, o que não reduz a vantagem de se aplicar a eletrocoagulação em meio ácido, devido aos valores de remoção serem elevados. O custo do ensaio 10 que apresentou a melhor eficiência levando em conta todos os parâmetros foi de 4,50 R$/m³, que, conforme já citado, é elevado devido ao maior desgaste que ocorre quando o pH é baixo. Verificou-se que o desgaste do eletrodo aumenta a condutividade elétrica dos ensaios e que quanto maior a condutividade menor a resistência à passagem elétrica, aumentando, portanto, a coagulação e floculação do lixiviado e consequentemente removendo maiores impurezas. O ensaio, onde ocorreu maior desgaste foi o ensaio 11 com pHinicial de 2,77 desgastando 2,68 mg de eletrodo, e o que teve menor desgaste foi o ensaio 13 com pHinicial de 8,57 e um desgaste de 0,75 mg, sendo este um ensaio neutro com redução mediana de cor e turbidez. Diante das afirmações pode-se dizer que a eletrocoagulação é eficiente na remoção de cor aparente e turbidez de lixiviado de aterro, e que a utilização do filtro de papel atua como um polimento para este tratamento físico-químico, auxiliando na redução de partículas em suspensão presentes em excesso no efluente.
Abstract: The deposition of waste in landfills is one of the possible solutions to solve the problem of urban waste, however, it generates a serious mitigating factor due to its high potential of contamination: the leachate.The purpose of this study was to apply the electrocoagulation process (EC) as a treatment of landfill leachate to: compare its effectiveness by varying pH and time, through the use of iron electrodes; to evaluate the efficiency of the electrocoagulation process, int the removal of turbidity and apparent color parameters, and also in the variation of electric current and electrical conductivity, analyzing the tests before and after filtration; and to evaluate the performance of the electrodes by calculating mass loss and process costs. Eighteen EC tests were performed, varying pH (acid, basic and neutral) and time (40, 60 and 80 min), and then a paper filter was used in each sample in order to verify if there was reduction or variation of the analyzed parameters. It was found that the best efficiency of the parameters apparent color, true color and turbidity occurred mainly in the sample 10, whose pH was 5,83, turbidity of 65,1 uT (42,9 uT post-filtration), apparent color of 262 uH and true color of 262 uH (post-filtration). The best results were mainly for tests whose pH was acid after the use of the filter. However, the lower the pH the higher the wear of the electrode, which results in higher operating costs, which does not reduce the advantage of electrocoagulation in an acid medium, due to the removal values being high. The cost of the sample 10 that presented the best efficiency taking into account all the parameters was of 4,50 R$/m³, which as already mentioned, is high due to the higher wear that occurs when the pH is low. It was verified that the wear of the electrode increases the electrical conductivity of the tests and that the higher the conductivity the lower the resistance to electrical passage, thus increasing the coagulation and flocculation of the leachate and consequently removing larger impurities. The sample, which the greatest wear occurred, was sample 11 with an initial pH of 2,77 using 2,68 mg of electrode, and the one that had the least wear was the test 13 with initial pH of 8.57 and a wear of 0,75 mg, this being a neutral test with a medium color reduction and turbidity. In view of the statements, it can be said that electrocoagulation is efficient in the removal of impurities from effluents, and that the use of the filter (paper) acts as a polishing for this physical-chemical treatment, aiding in the reduction of suspended particles present in excess in the effluent.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12442
Aparece nas coleções:LD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COEAM_2019_1_12.pdf2,01 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.