Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12526
Título: Determinação geoestatística do índice de sustentabilidade ambiental
Autor(es): Oliveira, Pablo Boniol
Orientador(es): Ferreira, José Hilário Delconte
Palavras-chave: Bacias hidrográficas
Sensoriamento remoto
Sustentabilidade
Indicadores ambientais
Watersheds
Remote sensing
Sustainability
Environmental indicators
Data do documento: 25-Jun-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Campo Mourao
Referência: OLIVEIRA, Pablo Boniol. Determinação geoestatística do índice de sustentabilidade ambiental. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Ambiental) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2018.
Resumo: Por conta do excessivo crescimento econômico, os recursos naturais estão sendo altamente degradados. Diante disso, visando atingir o desenvolvimento sustentável, são construídos diversos índices e indicadores para determinar o nível de sustentabilidade ambiental. Portanto, o presente estudo teve como objetivo determinar o índice de sustentabilidade ambiental de bacias hidrográficas por intermédio de analise geoestatística através da ferramenta de geoprocessamento e sensoriamento remoto. A área de aplicação, escolhida para determinar o índice de sustentabilidade ambiental foi a bacia hidrográfica do rio Goioerê e para isso foram definidos três fatores: o fator que caracteriza o uso e ocupação da terra (fator uso do solo), a situação morfométrica do terreno (fator fragilidade potencial) e as condições socioeconômicas da população (fator de desenvolvimento humano), fatores estes que são recomendados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (ODCE) que refletem o modelo de avaliação Pressão – Estado – Impacto. O resultado obtido através do índice de sustentabilidade ambiental foi expresso na forma numérica variam entre zero e um, no qual, quanto mais próximo de um for o valor obtido, maior é a sustentabilidade ambiental. Ao analisar a bacia hidrográfica do rio Goioerê, no fator de uso do solo, constatou que cerca de 80,72% da bacia apresentavam áreas agrícolas. Em relação ao fator fragilidade a bacia apresentou mais de 90% de baixos índices de rugosidade, o que reflete em um bom índice de fragilidade potencial, evidenciando baixo potencial erosivo ao longo da bacia. Já para o fator de desenvolvimento humano, que constituiu dados de educação, saneamento, longevidade e renda, cerca de 97,47% da bacia está na faixa de baixo e muito baixo desenvolvimento humano quando analisadas com as cinco faixas recomendo pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (2013). O cruzamento deste três fatores resultou no índice de sustentabilidade ambiental da bacia hidrográfica do rio Goioerê, apontando que aproximadamente 87% desta, possui um alto índice de sustentabilidade ambiental.
Abstract: Due to excessive economic growth, natural resources are being highly degraded. Therefore, in order to achieve sustainable development, various indices and indicators are constructed to determine the level of environmental sustainability. Therefore, the present study aimed to determine the environmental sustainability index of watersheds through geostatistical analysis through geoprocessing and remote sensing tools. The application area chosen to determine the environmental sustainability index was the Goioerê river basin and for this purpose three factors were defined: the factor that characterizes land use and occupation (land use factor), the morphometric condition of the land (factor of potential fragility) and the socioeconomic conditions of the population (human development factor), which are recommended by the Organization for Economic Cooperation and Development (ODCE), which reflect the Pressure - State - Impact assessment model. The result obtained through the environmental sustainability index was expressed in numerical form ranging from zero to one, in which, the closer to the value obtained, the greater the environmental sustainability. When analyzing the watershed of the river Goioerê, in the land use factor, it was verified that about 80.72% of the basin presented agricultural areas. Regarding the fragility factor, the basin presented more than 90% of low roughness indexes, which reflects a good index of potential fragility, evidencing low erosive potential along the basin. As for the human development factor, which constituted data on education, sanitation, longevity and income, about 97.47% of the basin is in the low range and very low human development when analyzed with the five ranges recommended by the United Nations Program for Development (2013). The crossing of this three factors resulted in the environmental sustainability index of the Goioerê river basin, pointing out that approximately 87% of this river has a high environmental sustainability index.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12526
Aparece nas coleções:CM - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
determinacaogeoestatisticasustentabilidadeambiental.pdf1,78 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.