Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12591
Título: Avaliação experimental da resistência da madeira ao embutimento
Título(s) alternativo(s): Experimental evaluation of dowel embedment strength
Autor(es): Terrin, Mateus Vinicius Pastori
Orientador(es): Góes, Jorge Luís Nunes de
Palavras-chave: Estruturas de madeira (Construção civil)
Resistência de materiais
Materiais de construção - Testes
Wooden-frame buildings
Strength of materials
Strength of materials
Data do documento: 26-Jun-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Campo Mourao
Referência: TERRIN, Mateus Vinicius Pastori. Avaliação experimental da resistência da madeira ao embutimento. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Civil) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2018.
Resumo: Nas estruturas de madeira, as ligações são elementos de elevada importância, pois conferem continuidade aos membros, além de resistência e estabilidade ao sistema. Para conectar as peças de madeira, são utilizados pinos metálicos, como os parafusos passantes com porca e arruela, dentre outros elementos. A capacidade resistente das ligações com pinos metálicos é influenciada por diversos fatores, dentre eles a resistência ao escoamento do aço do pino e a resistência da madeira ao embutimento. O objetivo deste trabalho é comparar a resistência ao embutimento obtida por meio do método de ensaio presente no documento normativo BS EN 383:2007 com as resistências calculadas de acordo com as seguintes normas: ABNT NBR 7190:1997, CEN EUROCODE 5:2004 e ANSI/AWC NDS:2015. Foram realizados ensaios de embutimento na direção paralela às fibras para seis espécies de madeira, a saber: Caixeta (Tabebuia cassinoides), Cedrinho (Erisma uncinatum), Eucalipto-grandis (Eucalyptus grandis), Garapeira (Apuleia leiocarpa), Itaúba (Mezilaurus itauba) e Pinus elliottii (Pinus elliottii). Ademais, foram realizados ensaios de embutimento na direção perpendicular às fibras para duas espécies: Eucalipto-grandis (Eucalyptus grandis) e Pinus elliottii (Pinus elliottii). Além disso, utilizou-se seis diâmetros para o pino metálico (3, 6, 8, 10, 12 e 16 milímetros). Os resultados experimentais obtidos indicaram que o modelo de cálculo da norma europeia (CEN EUROCODE 5:2004) é mais adequado que o da norma brasileira e o da norma americana para a determinação da resistência ao embutimento da madeira.
Abstract: The main objective of this work is to validate the mechanical connection design formulation presented in CEN EUROCODE 5:2004, for commonly used Brazilian wood species, considering the dowel embedment strength determination according to the testing procedures presented in the normative document BS EN 383:2007. The conducted tests were carried out in the direction parallel to the fibers using six wood species, widely used in Brazil, namely: Caixeta (Tabebuia cassinoides), Cedrinho (Erisma uncinatum), Eucalipto-grandis (Eucalyptus grandis), Garapeira (Apuleia leiocarpa), Itauba (Mezilaurus itauba) e Pinus elliottii (Pinus elliottii). Two species were also tested in the direction perpendicular to the fibers: Eucalipto-grandis (Eucalyptus grandis) and Pinus elliottii (Pinus elliottii). Six different dowel diameters (3, 6, 8, 10, 12 and 16 millimeters) were used. The experimental results obtained indicated that the European standard calculation model (with its correspondent dowel embedment strength evaluation procedure) is more adequate than the current Brazilian and North-American standards for designing dowel-type joints in timber structures and testing dowel embedment strength. The mechanical connection performance were estimated with a higher reliability, allowing to design safer joints.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12591
Aparece nas coleções:CM - Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
resistenciamadeiraembutimento.pdf31,41 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.