Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12992
Título: Riqueza e abundância relativa de mastofauna em uma unidade de conservação: estudo de caso no Parque Nacional do Iguaçu
Título(s) alternativo(s): Richness and relative abundance of mastofauna in a conservation unit: case study in Iguaçu National Park
Autor(es): Michellin, Gabriela Gonçalves Dias
Orientador(es): Sereia, Diesse Aparecida de Oliveira
Palavras-chave: Mamíferos
Conservação da natureza
Biodiversidade - Conservação
Mammals
Nature conservation
Biodiversity conservation
Data do documento: 2-Jul-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Dois Vizinhos
Referência: MICHELLIN, Gabriela Gonçalves Dias. Riqueza e abundância relativa de mastofauna em uma unidade de conservação: estudo de caso no Parque Nacional do Iguaçu. 2019. 49 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos, 2019.
Resumo: A Mata Atlântica é considerada um dos grandes centros de biodiversidade do mundo e, dentro do território brasileiro, é o bioma com maior diversidade de mamíferos, contando com cerca de 318 espécies em sua área. Devido à sua importância, a conservação desse bioma é crucial para a preservação dos organismos nele inseridos, incluindo-se os mamíferos, um grupo de interesse em pesquisas. Atualmente, Unidades de Conservação tem obtido grande sucesso em seu trabalho através da divulgação de espécies-bandeiras locais, agradáveis ao público, para aumentar seu lucro e assim, continuar a exercer seu trabalho na conservação dos animais e seu habitat. O Parque Nacional do Iguaçu, localizado em Foz do Iguaçu PR, Brasil, tem conquistado grandes avanços em seu trabalho graças às espéciesbandeiras presentes no parque como a onça-pintada. Entretanto, apesar da importância dos estudos sobre este grupo, as informações acerca dos mamíferos são escassas em virtude de seus hábitos e características que não facilitam a realização de pesquisas. Assim, métodos de coleta de dados representam grande relevância no trabalho com mamíferos, sendo as armadilhas fotográficas um dos meios com maior sucesso atualmente. O presente trabalho teve como objetivo analisar a riqueza de espécies, índice de densidade e abundância relativa de mamíferos do Parque Nacional do Iguaçu, através de seu monitoramento com o auxílio de armadilhas fotográficas espalhadas em trilhas humanas e de animais, na área do parque, de modo aleatório, permanecendo em campo por pelo menos cinco dias consecutivos, trabalhando em modo vídeo 24 horas por dia a fim de contribuir com o aprofundamento dos estudos deste grupo tão importante. Foram identificados 909 indivíduos distribuídos em 23 espécies, 15 distribuídos em 3 gêneros, 43 indivíduos distribuídos em 2 famílias e 1 indivíduo em 1 ordem. Verificou-se que a área total possui alta diversidade através dos índices de diversidade calculados (Margalef, ShannonWiener e Simpson), ressaltando a importância do papel das unidades de conservação na manutenção dessas comunidades.
Abstract: The Atlantic Forest is considered one of the world’s biggest biodiversity hotspots and, in Brazilian territory is the biome with the biggest mammal diversity, with about 318 species in its area. Due to its importance, its conservation is crucial to the preservation of species within its area, including mammals, group of interest in researches. Currently, Conservation Units has been obtaining great success with its work through publication of local flagship species, pleasant to the public, to increase their profit and continue to work on animals’ conservation and their habitats. The Iguaçu National Park, located in Foz do Iguaçu, PR, Brazil, has achieved great advances in its work thanks to flagship species current in the park, as the jaguar. However, despite the importance of studies about this group, information about mammals is scarce because of their habits and characteristics, that make researches difficult. Thus, data collection methods are of great relevance when working with mammals, with photographic traps being one of the most successful methods nowadays. The present work had as objective to analyze the richness of species, density and relative abundance of mammals in Iguaçu National Park, through its monitoring with the help of photographic traps spread out in human and animal tracks, on the park area, at random, staying on the field for at least five consecutive days, working on video mode 24 hours a day to contribute on studies of this important group. Were identified 909 individuals distributed in 23 species, 15 distributed in 3 genres, 43 individuals distributed in 2 families and 1 individual in 1 order. It was verified that the area has high diversity through the calculated indexes (Margalef, Shannon-Wiener and Simpson), emphasizing the importance of conservation units’ role in the maintenance of these communities.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12992
Aparece nas coleções:DV - Licenciatura em Ciências Biológicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DV_COBIO_2019_1_13.pdf1,17 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.