Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1342
Título: Avaliação de eficácia de um sistema de gestão de segurança e saúde do trabalho no gerenciamento de obras para redução de acidentes
Autor(es): Tinfer, Gilson
Orientador(es): Romano, Cezar Augusto
Palavras-chave: Segurança do trabalho
Acidentes de trabalho - Prevenção
Construção civil - Medidas de segurança
Industrial safety
Industrial accidents - Prevention
Building - Safety measures
Data do documento: 24-Abr-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: TINFER, Gilson. Avaliação de eficácia de um sistema de gestão de segurança e saúde do trabalho no gerenciamento de obras para redução de acidentes. 2013. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2013.
Resumo: O presente estudo tem como objetivo geral avaliar a eficácia de um sistema de gestão de segurança e saúde do trabalho no gerenciamento de obras para redução de acidentes. A indústria da construção difere das demais atividades econômicas em alguns aspectos, apresentando particularidades que podem ser citadas em relação ao tamanho das empresas, a duração das obras, a qualificação dos trabalhadores, a rotatividade dos trabalhadores e por apresentar uma diversidade de riscos. Os números de acidentes de trabalho desta indústria são significativos no cenário nacional, representando perdas consideráveis, do ponto de vista econômico e social, tanto para a empresa quanto para os trabalhadores, bem como para o governo. A melhoria da segurança e saúde, além de aumentar a produtividade, diminui o custo de uma obra, pois diminui as interrupções durante as fases da obra, o absenteísmo e os acidentes e/ou doenças ocupacionais. Nesse sentido, como critério de comparação, foram utilizadas informações do número de Horas-Homem de Exposição ao Risco (HHER), número de acidentes do trabalho sem afastamento e com afastamento acumulado no período de 2011 a 2012 em duas obras de ampliação de unidades industriais, sendo a Obra 1, a qual não possuía Sistema de Gestão de Segurança e Saúde do Trabalho (SGSST) e Obra 2, que implantou SGSST para execução da obra. Por fim, são apresentadas as análises dos dados e conclui-se que a implantação de um SGSST para a execução de uma obra é eficaz e determinante para a redução dos índices de acidentes, atendimento dos prazos da obra e qualidade dos serviços. O estudo de caso proporcionou evidências objetivas da eficácia da implantação de um Sistema de Gestão de SST, como o número de acidentes da obra 2 foi 57% inferior a obra 1, quanto a freqüência de acidentes na obra 2 com SGSST alcançou resultados melhores que a obra 1 sem SGSST, e também na obra 1 podem ocorrer 22 acidentes de trabalho a cada um milhão de HHER, enquanto na obra 2, apenas 9 acidentes.
Abstract: This study aims to evaluate the effectiveness of a management system for occupational safety and health in civil construction to reduce accidents. The construction industry differs from other economic activities in some aspects, presenting distinctiveness features which can be mentioned regarding to the size of the companies, the duration of the works, the qualification of workers, worker turnover and present a variety of risks. The number of accidents in this industry is significant in the national scenario, accounting for considerable losses from the standpoint economic and social development, either for the company or for the employees as well to the government. The improvement of safety and health, beyond to increase productivity, decreases the cost of a construction work because it reduces the interruptions during the phases of the work, absenteeism and accidents and / or occupational illnesses. In this direction, as a criterion of comparison, we used the information on the number of Man-Hours Risk Exposure (MHRE), the number of occupational accidents without and with accumulated time off in the period 2011-2012 in two construction works of expansion of industrial units, being the first one, which there's no Management System and Occupational Health Safety (MSOHS) and the second, which one that implemented SGSST for execution of the work. Finally, the analysis of the data shows that the implementation of an MSOHS to perform a construction work is effective and decisive for the reduction of accident rates, compliance with deadlines of work and service quality. This case study yielded the evidence of the efficacy of the deploying an OHSMS, since the number of work accidents in the second construction work was 57% lower than the first one. The frequency of the accidents at second work with SGSST has reached better results than the construction work without SGSST. Comparing the construction works this results shows that 22 occupational accidents per million MHRE can occur in the first one while in the second one, only 9 accidents can happen.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1342
Aparece nas coleções:CT - Engenharia de Segurança do Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_CEEST_XXIV_2013_13.pdf168,63 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.