Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1371
Título: Arte como ferramenta de comunicação interna: desenvolvimento de percepções por intermédio do teatro
Autor(es): Felipe, Bárbara Malcut
Santos, Thábatta Pâmela Toscan dos
Orientador(es): Pereira, Maurini de Souza Alves
Palavras-chave: Comunicação nas organizações
Comunicação nas relações trabalhistas
Teatro
Percepção social
Communication in organizations
Communication in industrial relations
Theater
Social perception
Data do documento: 7-Mai-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: FELIPE, Bárbara Malcut; SANTOS, Thábatta Pâmela Toscan dos. Arte como ferramenta de comunicação interna: desenvolvimento de percepções por intermédio do teatro. 2013. 54 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2013.
Resumo: Este trabalho busca colaborar com os estudos sobre comunicação interna nas instituições, propondo o teatro como uma forma de fomentar o diálogo entre funcionários e empresa, abordando o teatro como um facilitador nos processos comunicacionais e também como um auxiliador na ampliação da percepção social dos trabalhadores, que neste trabalho é defendido como um diferencial em momentos de crise. Para isso, a pesquisa se baseia nos seguintes teóricos: Augusto Boal (2005), para quem o teatro é capaz de estimular a problematização de questões do cotidiano, colaborando para a criação de um senso reflexivo e crítico; Bertolt Brecht (1967), que propõe o teatro como ferramenta de transformação social; Adorno e Horkheimer (1985), que remetem à essência da arte, fazendo contrapontos com a Indústria Cultural, Martin Heidegger (2001), que diferencia o Pensamento que Calcula do Pensamento que Medita (reflete) e Roberto Menna Barreto (2004), que define profissionais criativos como aqueles que refletem sobre um determinado assunto. No campo da percepção, Schermerhorn, Hunt e Osborn (1999) afirmam que este é um processo de compreensão que envolve o percebido, o perceptor e o ambiente e Kathleen Fearn-Banks (2011) contextualiza que, por meio da percepção de cada indivíduo dentro das instituições, pode-se evitar momentos de crise empresarial. A proposta final apresentada, elaborada com a colaboração da Assessoria de Comunicação da Superintendência de Varejo e Governo do Paraná, do Banco do Brasil, sugere investimento e implantação do teatro como uma ferramenta alternativa de comunicação, tendo como consequência um desenvolvimento da reflexão e da percepção dos trabalhadores, o que pode contribuir de forma positiva com as instituições, principalmente prevenindo crises.
Abstract: This paper aims to offer a contribution to the studies on internal communication in the institutions, proposing the theater as a way to foster dialogue between employees and company, addressing the theater act as a helper the in communication processes and contributes in broadening the perception of social employees, which in this paper is presented as a differential in times of crisis. For this, purpose the research is based on the following theory: Augusto Boal (2005), for whom the theater is able to stimulate the problematic issues of everyday life, helping to create a reflective and critical, sense Bertolt Brecht (1967) , who proposed the theater as a tool for social transformation; Adorno and Horkheimer (1985), referring to the essence of art, making counterpoints to the Cultural Industry, Martin Heidegger (2001), who estimated that differentiates the Thought of Thought Meditation (reflects) and Roberto Menna Barreto (2004), defining creative professionals as those who reflect on a particular subject. In the field of perception, Schermerhorn, Hunt and Osborn (1999) say that this is a process that involves the perceived understanding, the perceiver and the environment and Kathleen Fearn-Banks (2011) contextualizes that, through the perception of the individual within institutions, can be avoided times of corporate crisis. The final proposal submitted, which was developed in collaboration with the Assessoria de Comunicação da Superintendência de Varejo e Governo do Paraná, do Banco do Brasil, suggests the investment and deployment of alternative theater as a tool of communication, resulting in a development of reflection and perception of employees, which can contributes positively to the institutions, mainly preventing crises.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1371
Aparece nas coleções:CT - Tecnologia em Comunicação Institucional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COCIN_2012_2_03.pdf561,67 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.