Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/14172
Título: Análise multitemporal e fragilidade ambiental da cidade de Foz do Iguaçu - PR
Título(s) alternativo(s): Multitemporal analysis and environmental fragility of the city of Foz do Iguaçu - PR
Autor(es): Cavaler, Jadiane Paola
Orientador(es): Rocha, Anderson Sandro da
Palavras-chave: Urbanização
Planejamento urbano
Avaliação de riscos ambientais
Urbanization
City planning
Environmental risks assessment
Data do documento: 30-Nov-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Medianeira
Referência: CAVALER, Jadiane Paola. Análise multitemporal e fragilidade ambiental da cidade de Foz do Iguaçu - PR. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Ambiental) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2017.
Resumo: O processo de expansão urbana acelerada e sem um planejamento ambiental, vem causando danos adversos ao meio ambiente e a sociedade. Visando contribuir com a minimização e controle dos problemas ambientais ocorridos no espaço urbano, diversas pesquisas têm se utilizado de mapeamentos multitemporais e de fragilidade ambiental como instrumentos de análise e monitoramento. Considerando a importância destes mapeamentos, o presente trabalho buscou avaliar o comportamento da urbanização consolidada e da expansão urbana a partir de estudos multitemporais dos anos de 1985, 1994, 2004 e 2016. A pesquisa também possibilitou mapear as fragilidades potenciais da área urbana e periurbana da cidade de Foz do Iguaçu - PR. Para obter o mapeamento de fragilidade ambiental, foram elaborados os mapas temáticos de solo, declividade, hipsometria e uso e cobertura da terra, utilizando-se do software QGIS. As análises multitemporais resultaram na avaliação do aumento progressivo de urbanização consolidada e das áreas de expansão, onde no ano de 1985, o município contava com uma área consolidada de aproximadamente 21 mil metros quadrados, e em 2016, de 64 mil metros quadrados. O estudo da fragilidade permitiu identificar que as áreas de alta fragilidade ambiental se encontram às margens do rio Paraná, onde há a predominância de declividades altas associadas a Argissolos e Neossolos. A partir dos levantamentos de fragilidade potencial, foi possível mapear ás áreas de alta, média e baixa restrição à expansão da área urbana. Esses estudos resultaram em uma nova proposta de expansão a urbanização, localizadas em áreas de baixa e média restrição e próximas ao centro consolidado, totalizando uma área de 26,2 mil metros quadrados.
Abstract: The process of urban expansion accelerated and without an environmental planning, has been causing adverse damages to the environment and society. Aiming to contribute to the minimization and control of environmental problems occurring in urban space, several researches have used multitemporal mappings and environmental fragility as instruments of analysis and monitoring. Considering the importance of these mappings, the present work sought to evaluate the behavior of consolidated urbanization and urban expansion based on multitemporal studies of the years 1985, 1994, 2004 and 2016. The research also made it possible to map the potential fragilities of the urban and periurban area of city of Foz do Iguaçu - PR. To obtain the mapping of environmental fragility, thematic maps of soil, slope, hypsometry and land use and cover were elaborated using the QGIS software. The multitemporal analyzes resulted in the evaluation of the progressive increase of consolidated urbanization and expansion areas, where in 1985 the municipality had a consolidated area of approximately 21 thousand square meters and in 2016, of 64 thousand square meters. The study of the fragility allowed to identify that the areas of high environmental fragility are on the banks of the Paraná River, where there is a predominance of high slopes associated with Argissolos and Neosols. From the surveys of potential fragility, it was possible to map the areas of high, medium and low restriction to the expansion of the urban area. These studies resulted in a new proposal to expand urbanization, located in areas of low and medium restriction and close to the consolidated center, totaling an area of 26.2 thousand square meters.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/14172
Aparece nas coleções:MD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
analisemultitemporalfragilidadeambiental.pdf2,38 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.