Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1423
Título: Quantificação de compostos fenólicos e avaliação da ação antioxidante de extratos aquosos de erva-mate (Ilex paraguariensis)
Autor(es): Serafim, Rodolfo Angelo
Orientador(es): Moreira, Isabel Craveiro
Palavras-chave: Erva-mate
Fenóis
Antioxidantes
Mate plant
Phenols
Antioxidants
Data do documento: 9-Set-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: SERAFIM, Rodolfo Angelo. Quantificação de compostos fenólicos e avaliação da ação antioxidante de extratos aquosos de erva-mate (Ilex paraguariensis). 2013. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2013.
Resumo: Erva-mate (Ilex paraguariensis) é uma árvore da família das Aquifoliaceae amplamente consumida no sul do Brasil na forma de chá ou de chimarrão, quando preparada com água quente, ou tereré, quando preparada com água fria ou gelada. Seus propriedades terapêuticas são reconhecidas e novas descobertas científicas surgem a respeito das variações de seus componentes e os efeitos disso na produção, beneficiamento e consumo da erva-mate. Este trabalho teve como objetivo quantificar os componentes fenólicos e a atividade antioxidante pela captura de DPPH (1,1-difenil 2-picrilhidrazina) de ervas-mates. As amostras foram classificadas como sendo plantas macho e fêmea, provindas de dois ambientes com luminosidades diferentes (sol e sombra). As ervas-mates machos não apresentaram uma diferença significativa na concentração de compostos fenólicos. As plantas fêmeas demonstraram uma diferença significativa na concentração de compostos fenólicos, em que a planta cultivada em sol apresentou maior concentração que a planta cultivada em sombra. A atividade antioxidante mostrou-se maior nas ervas- mates machos do que nas fêmeas. No entanto, as plantas cultivadas em sombra apresentaram maior poder de captura de radical DPPH. São necessários mais estudos que tratem do dimorfismo sexual da erva-mate e sua relação com a composição da mesma.
Abstract: Yerba mate (Ilex paraguariensis) is a tree of the family Aquifoliaceae broadly consumed in south Brazil as tea or chimarrão, when prepared with hot water, or tereré when prepared with cold water. Their therapeutic properties are acknowledged and new scientific discoveries arise regarding the variance of its components and the effects of it in the production, processing and consumption of Yerba mate. This study aimed to quantify of phenolic compounds and the antioxidant activity through the DPPH (1,1-diphenyl-2picryhydrazyl) capture of Yerba mate. The samples were classified as male and female plants came from two environments with different luminosities (sun and shadow). The female Yerba mates presented a significant difference in the concentration of phenolic compounds, the sun plant had a higher concentration than the shadow plant. The male plants not have presented a significant difference in the concentration of phenolic compounds. The antioxidant activity showed higher in the male yerba mate than in the female ones. However, the shadow plants presented higher capture power of DPPH radicals. In conclusion, there is a need of more studies about sexual dimorphism of Yerba mate and its relation with the plant’s composition.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1423
Aparece nas coleções:LD - Tecnologia em Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_COALM_2013_1_10.pdf427,54 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.