Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1431
Título: Os efeitos da soja (Glycine max (L.) verde na composição química do óleo de soja e no processo de refino do óleo
Autor(es): Melo, André da Silva Castilhos de
Orientador(es): Tanamati, Ailey Aparecida Coelho
Palavras-chave: Soja - Indústria
Soja - Produtos
Soybean industry
Soybean products
Data do documento: 22-Abr-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Campo Mourao
Referência: MELO, André da Silva Castilhos de. Os efeitos da soja (Glycine max (L.) verde na composição química do óleo de soja e no processo de refino do óleo. 2013. 29 f. Trabalho de Conclusão de curso (Graduação)- Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2013.
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo avaliar os efeitos do uso de grãos de soja esverdeados na produção industrial de óleo e em sua composição química proximal. A soja (Glycine máx. L.) é afetada pela falta ou excesso de chuvas durante as fases de plantio, enchimento e colheita do grão, consequentemente o uso de grãos, sem a maturação adequada, acarretará problemas, no processamento desses, para as indústrias produtoras de óleo de soja. Neste estudo adotou-se uma pesquisa de modo comparativo entre amostras com teores baixos de grãos esverdeados e amostras com teores elevados de soja verde e avaliou os custos e o consumo do agente clarificante para branquear e eliminar as impurezas e pigmentos de clorofila presente no óleo. Os testes estatísticos foram realizados através da correlação de Spearman e Kendall. Avaliou-se os grãos de safras de soja, referentes às colheitas 2011/2012 e 2012/2013. Foram realizados ensaios de umidade, proteína bruta, lipídios totais e clorofila em espectrofotometria. Os resultados de análises obtidos para safras onde existe a ocorrência de sementes esverdeadas a exemplo da safra 2011/2012, mostram que os parâmetros físico-químicos de proteína, acidez e umidade não se correlacionam com sementes esverdeadas, porém a clorofila e o conteúdo de lipídeos totais se correlacionam com grãos verdes, ou seja, um lote com sementes verdes terá também quantidade elevada de pigmentos de clorofila e baixa porcentagem de óleo extraído. Desta forma, o uso de grãos de soja com percentual elevado de sementes esverdeadas não é recomendável para uso na indústria produtora de óleo, pois causam alterações significativas em sua composição química, especificamente pela presença da clorofila e aumentam os custos e consumo de argila clarificante no processo de branqueamento do óleo.
Abstract: This research aims to evaluate the effects of using soybeans greenish in industrial oil and chemical composition proximal. Soybean (Glycine max. L.) is affected by the lack or excess of rains during the stages of planting, harvesting grain filling and thus the use of grains, without the proper maturation, will cause problems in processing these, for industries producing soybean oil. In this study we adopted a survey so comparing samples with lower grain greenish and samples with high content of green soybeans and assessed the costs and consumption of clarifying agent to whiten and remove impurities and chlorophyll pigments present in the oil. Statistical tests were performed using the Spearman rank correlation and Kendall. Reviewed the grain crop soybean crops regarding 2011/2012 and 2012/2013. Tests of moisture, crude protein, total lipids and chlorophyll spectrophotometry. The analysis results obtained for crops where there is the occurrence of green seed like the 2011/2012 season, show that the physico-chemical parameters of protein, acidity and moisture do not correlate with green seed, but the chlorophyll content and total lipids correlate with the green beans, or green seeds in a batch will also have high amount of chlorophyll pigments and a low percentage of extracted oil. Thus, the use of soybeans with a high percentage of green seed is not recommendable for use in oil producing industry, because they cause significant changes in its chemical composition, particularly by the presence of chlorophyll and increase the costs and consumption of the clay fining bleaching process oil.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1431
Aparece nas coleções:CM - Tecnologia em Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CM_COALM_2012_2_03.pdf809,38 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons