Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1554
Título: Classificação e destinação de equipamentos de proteção individual usados no setor da construção civil
Autor(es): Arten, Patrícia Lopes Rycheta
Orientador(es): Nagalli, André
Palavras-chave: Segurança do trabalho
Construção civil - Medidas de segurança
Dispositivos protetores
Gestão integrada de resíduos sólidos
Industrial safety
Building - Safety measures
Safety appliances
Integrated solid waste management
Data do documento: 26-Fev-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: ARTEN, Patrícia Lopes Rycheta. Classificação e destinação de equipamentos de proteção individual usados no setor da construção civil. 2013. 64 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2013.
Resumo: A indústria da construção civil, mais especificamente o subsetor da construção pesada, contribui para o desenvolvimento socioeconômico da população, porém causa impactos negativos pelo consumo dos recursos naturais e pela grande quantidade de resíduos gerados, incluindo os equipamentos de proteção individual (EPI) que não podem mais ser utilizados. Um dos principais benefícios do adequado gerenciamento de resíduos sólidos é a redução de custos de produção, tornando o processo construtivo mais rentável. O objetivo geral do presente trabalho é verificar a situação atual do manejo e destinação final dos equipamentos de proteção individual em obras de construção pesada. E os específicos são identificação e listagem de funções típicas de obras de construção civil pesada e seus respectivos equipamentos de proteção individual, classificação dos EPIs utilizados nas obras de construção civil segundo a ABNT NBR 10.004, Resolução Conama 307/2002 e a Instrução Normativa n°13/2012 do IBAMA, e levantamento das destinações dos EPIs que não são mais utilizados nas obras em três estudos de caso. Nas três obras estudadas (porto, rodovia e ferrovia) observou-se que a legislação é seguida e os EPIs são destinados de acordo com a NBR 10004. Os EPIs que não vão mais ser utilizados são divididos em contaminados e não contaminados, sendo armazenados na central de resíduos para posterior destinação. Para o destino final são contratadas empresas especializadas, que destinam os EPIs contaminados em Aterro Classe I e os não contaminados em Aterro Classe IIA. Quanto à reciclagem de EPIs, foi constatado que as empresas pesquisadas não investem nesta alternativa, apesar da existência desta. As obras deste subsetor geralmente estão localizadas em regiões com pouca infraestrutura sendo inviável economicamente o envio dos resíduos recicláveis para grandes centros que possuem locais especializados.
Abstract: The construction industry, more specifically the heavy construction subsector, contributing to the socioeconomic development of the population, but causes negative impacts for the consumption of natural resources and the large quantity of waste generated, including personal protective equipment (EPI) not more may be used. One of the main benefits of proper solid waste management is to reduce production costs, making the construction process more profitable. The overall goal of this work is to investigate the current situation of the management and disposal of personal protective equipment in heavy construction works. And are the specific identification and listing of typical functions of civil works and their heavy protective equipment, EPI used in the classification of construction works according to ABNT NBR 10.004, Resolution CONAMA 307/2002 and Instruction n° 13/2012 IBAMA, and lifting the allocations of EPI that are no longer used in the works of three case studies. In the three works studied (port, road and rail) observed that the law is followed and EPIs are designed according to NBR 10004. The EPI that will no longer be used are divided into contaminated and uncontaminated and stored in central waste for later disposal. For the final destination are hired specialized companies, which designed the contaminated EPI in Class I landfill and not contaminated landfill in Class IIA. As for the recycling of EPI, it was found that the surveyed companies do not invest in this alternative, despite the existence of this. The works of this subsector are usually located in regions with poor infrastructure being uneconomical sending recyclable waste to large centers that have specialized sites.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1554
Aparece nas coleções:CT - Engenharia de Segurança do Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_CEEST_XXV_2013_31.pdf930,74 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.