Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1558
Título: Aplicação da metodologia da dose semanal de ruído na caracterização da insalubridade de trabalhadores de uma molduraria e serralheria
Autor(es): Zen, Tiago Augusto Faust
Orientador(es): Makishima, José Narumi de Queiroz
Palavras-chave: Segurança do trabalho
Higiene do trabalho
Ruído - Medição
Industrial safety
Industrial hygiene
Noise - Measurement
Data do documento: 18-Dez-2012
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: ZEN, Tiago Augusto Faust. Aplicação da metodologia da dose semanal de ruído na caracterização da insalubridade de trabalhadores de uma molduraria e serralheria. 2013. 75 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2013.
Resumo: A exposição de trabalhadores ao ruído ocupacional pode ser por vezes muito danosa a seu sistema auditivo. Este trabalho foi embasado em uma revisão bibliográfica, desde a explicação do som e as unidades de medidas do mesmo, até as questões legais aplicáveis a avaliação do ruído e a existência ou não de Insalubridade relativa a este agente físico. O Objetivo deste trabalho foi analisar os perfis de exposição ocupacional ao ruído, utilizando-se de duas metodologias distintas, de dois trabalhadores de uma Molduraria e Serralheria que possuíam exposições variadas a este agente, dependendo do dia de trabalho. Inicialmente foram feitas, em ambos os trabalhadores, medições baseadas no proposto pela Dose Semanal de Ruído da Conferência Americana de Higienistas Industriais (ACGIH, 2011), logo após foram realizadas avaliações baseadas no proposto pela Norma Regulamentadora NR-15, baseada na metodologia dada pela Norma de Higiene Ocupacional 01 (NHO01) da Fundacentro, afim de demonstrar a presença ou não da Insalubridade se avaliarmos a exposição ocupacional de ruído através de um método alternativo e pouco praticado. Para realizar as avaliações foi utilizado um Dosímetro de Ruído DOS-500 marca INSTRUTHERM. Para cada trabalhador, pelo método proposto pela ACGIH (2011), foram realizadas medições durante sete dias consecutivos de trabalho, enquanto pelo proposto pela NR-15 e NHO01 foi realizada uma medição durante seis horas de um dia de trabalho. Como resultado da pesquisa, constatou-se que para determinadas atividades a metodologia proposta pelas normas nacionais não consegue expressar com veracidade os perfil de exposição dos trabalhadores e, consequentemente, nem a presença ou ausência da Insalubridade. Sendo assim tornou-se, neste caso, justificável a aplicação de uma metodologia internacional e alternativa para avaliação do ruído ocupacional. Depois de detectada a Insalubridade, através do uso do método alternativo, foram propostas medidas para a atenuação da mesma, através do uso de Equipamentos de Proteção Individual.
Abstract: The exposure of workers to noise can sometimes be very harmful to your hearing. This work was based on a literature review, from the explanation of sound and units of measurements of the same, until the legal issues applicable to assessment of noise and the existence or not of Unhealthy relating to this physical agent. The objective of this study was to analyze the profiles of occupational noise exposure, using two different methodologies, on two workers of a Mounting frame and Locksmiths who had varying exposures to this agent, depending on the day's work. Initially were made in both workers, based on measurements by the proposed Noise Weekly Dose of American Conference of Industrial Hygienists (ACGIH, 2011), shortly after assessments were made based on the proposed Regulatory Standard NR-15, based on the methodology given by standard occupational Hygiene 01 (NHO01) from Fundacentro in order to demonstrate the presence or absence of Unhealthy assess whether occupational exposure to noise through an alternative method and uncommon practice. To perform the evaluations was used a Dosimeter Noise DOS-500 brand Instrutherm. For each worker, the method proposed by the ACGIH, measurements were carried out for seven consecutive days, as proposed by the NR-15 and NHO01 measurement was performed for six hours a day's work. As a result of research, it was found that for certain activities the proposed methodology by national standards cannot express truthfully the exposure profile of workers and, consequently, neither the presence or absence of Unhealthy. Thus became, in this case applying a justifiable international alternative methodology for evaluating the noise. After Unhealthy detected through use of the alternative method, measures have been proposed to mitigate the same, through the use of Personal Protective Equipment.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1558
Aparece nas coleções:CT - Engenharia de Segurança do Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_CEEST_XXV_2013_35.pdf1,86 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.