Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/15932
Título: Sustentabilidade de bairros: estudo de caso da zona 2 em Campo Mourão - PR
Autor(es): Mattos, Cássia da Silva
Orientador(es): Mezzomo, Maristela Denise Moresco
Palavras-chave: Bairros
Indicadores ambientais
Planejamento urbano
Cobertura dos solos
Neighborhood
Environmental indicators
City planning
Mulching
Data do documento: 28-Nov-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Campo Mourao
Referência: MATTOS, Cássia da Silva. Sustentabilidade de bairros: estudo de caso da zona 2 em Campo Mourão - PR. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Ambiental) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campo Mourão, 2019.
Resumo: O crescimento desordenado das cidades pode resultar em impactos que vão desde a mudança da dinâmica da paisagem, até condições precárias de habitação. Diante disso, surgem discussões a nível global sobre desenvolvimento sustentável e suas correlações, como sustentabilidade urbana e de bairros. Considerando este contexto, o objetivo deste trabalho foi analisar a sustentabilidade dos bairros da Zona 2 da cidade de Campo Mourão, por meio da aplicação de indicadores socioambientais. Indicadores são instrumentos importantes para conhecer as cidades, principalmente na escala de bairro, uma vez que envolve dados e informações diretamente relacionadas a população local. A partir de premissas já existentes em documentos como Carta do Novo Urbanismo, Nova Carta de Atenas, Nova Agenda Urbana, Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e Programa Cidades Sustentáveis, selecionou-se os seguintes indicadores: Cobertura da terra; Porcentagem de domicílios conectados ao sistema de tratamento de esgoto; Porcentagem de domicílios conectados ao sistema de distribuição de água; Porcentagem de domicílios conectados ao sistema de coleta de resíduos e proximidades a serviços de transporte, saúde e educação. A aplicação dos indicadores foi realizada por meio dos dados do censo demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2010), permitindo a elaboração de mapas da cobertura da terra, saneamento básico e de proximidades aos serviços básicos, desenvolvidos com o auxílio do software livre QGis 2.18.17. A Zona 2 apresenta problemas em relação a infraestrutura de coleta e tratamento de esgoto, e apresenta carência quanto aos espaços verdes públicos e presença de serviços básicos de transporte, saúde e educação. Possui atendimento positivo quanto a distribuição de água e coleta de resíduos. De maneira geral, os bairros da Zona 2 são considerados sustentáveis moderadamente, por apresentar algumas falhas, mas que podem ser melhor planejadas e investidas, para que se torne satisfatório. Que esse estudo se torne colaborativo de maneira positiva, principalmente para a gestão municipal, como forma de assistência na busca de informações, pensando na qualidade de vida da população e na conservação da natureza.
Abstract: The disorderly growth of cities can result in impacts ranging from changing landscape dynamics to poor housing conditions. Given this, global discussions arise about sustainable development and its correlations, such as urban and neighborhood sustainability. Considering this context, the objective of this work was to analyze the sustainability of the Zone 2 neighborhoods of Campo Mourão, by applying social and environmental indicators. Indicators are important tools for getting to know cities, especially at the neighborhood scale, as they involve data and information directly related to the local population. From assumptions already existing in documents such as New Urbanism Charter, New Athens Charter, New Urban Agenda, Sustainable Development Goals and Sustainable Cities Program, the following indicators were selected: Land Coverage; Percentage of households connected to the sewage treatment system; Percentage of households connected to the water distribution system; Percentage of households connected to and close to the waste collection system for transportation, health and education services. The indicators were applied using data from the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) (2010) demographic census, allowing the elaboration of maps of land cover, basic sanitation and proximity to basic services, developed with the aid of of free software QGis 2.18.17. Zone 2 presents problems regarding sewage collection and treatment infrastructure, and lack of public green spaces and the presence of basic transportation, health and education services. It has positive service regarding water distribution and waste collection. In general, neighborhoods in Zone 2 are considered moderately sustainable because they have some flaws, but they can be better planned and invested to make them satisfactory. May this study become collaborative in a positive way, especially for municipal management, as a form of assistance in the search for information, thinking about the population's quality of life and nature conservation.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/15932
Aparece nas coleções:CM - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
sustentabilidadebairroscampomourao.pdf2,46 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.