Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16191
Título: Avaliação da influência do teor de óleo na goma na viscosidade final da lecitina de soja de uma unidade produtora dos Campos Gerais
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the influence of gum oil content on the final viscosity of soy lecithin from a Campos Gerais production unit
Autor(es): Henrique, Angélica Silvana Baza
Orientador(es): Rodrigues, Sabrina Ávila
Palavras-chave: Soja
Viscosidade
Gomas e resinas
Controle de qualidade
Soybean
Viscosity
Gums and resins
Quality control
Data do documento: 21-Out-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Ponta Grossa
Referência: HENRIQUE, Angélica Silvana Baza. Avaliação da influência do teor de óleo na goma na viscosidade final da lecitina de soja de uma unidade produtora dos Campos Gerais. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Química) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2019.
Resumo: A soja se apresenta historicamente como uma leguminosa com muito valor agregado devido aos seus benefícios à saúde e aos produtos obtidos a partir dela, além de ser uma das principais produções e exportações do Brasil e dos Campos Gerais. Dentre esses produtos destacam-se o complexo soja formado pelo óleo e o farelo, onde pode-se incluir a lecitina. A lecitina é produto natural com coloração âmbar e alta viscosidade, é amplamente utilizada pelas indústrias alimentícia e farmacêutica devido as suas características de emulsificante e dispersante. A obtenção da lecitina se dá pelo processo de secagem da goma obtida na degomagem do óleo bruto, onde o mesmo é hidratado e centrifugado, dando origem a goma. A hidratação das gomas e secagem da lecitina são etapas críticas que afetam diretamente a qualidade do produto final. A viscosidade se apresenta como um parâmetro importante, pois além de impactar na utilização da lecitina, afeta no seu manuseio e transporte, podendo levar a grandes perdas de carga. Para o ajuste desse parâmetro óleo degomado e ácidos graxos vegetais são adicionados à lecitina. Este trabalho busca relacionar viscosidade à qualidade e especificações da matéria prima utilizada, refletidos pelo óleo presente na goma, para isto foram utilizados os métodos padronizados pela American Oil Chemistry Society. Foram comparados os dados de óleo na goma, óleo na goma base seca, viscosidade final da lecitina e umidade da lecitina. Os dados obtidos apresentaram grande variabilidade entre si, porém a influência do óleo na goma na viscosidade final da lecitina pôde ser observada, mostrando que são inversamente proporcionais, quanto maior o percentual de óleo na goma menor a viscosidade obtida, já a umidade não apresentou grandes impactos. A quantidade de óleo na goma varia tanto pela qualidade da soja utilizada no processamento quanto pelos parâmetros utilizados no processo, e a correção por meio da adição de óleo degomado se apresenta como uma alternativa.
Abstract: Soybean has historically presented itself as a valuable legume because of its health benefits and derivative products, being one of the main productions and exports of Brazil and Campos Gerais. Among these products stands out the soy complex formed by oil and bran, which can include lecithin. Lecithin is a natural product with amber color and high viscosity, is widely used by the food and pharmaceutical industries due to its emulsifier and dispersant properties. Lecithin is manufactured by drying the gum obtained from the crude oil degumming process, where it is hydrated and centrifuged, originating the gum. Gum hydration and the lecithin drying are critical steps that directly affect the quality of the final product. Viscosity is an important parameter, as it affects the use of lecithin and affects its handling and transport, leading to large losses. To adjust this parameter degummed oil and vegetable fatty acids are added to the lecithin. The presented work seeks to relate viscosity to the quality and specifications of the raw material used, reflected by the oil present in the gum, for this, the standardized methods by the American Oil Chemistry Society were used. Gum oil, dry base gum oil, lecithin final viscosity and lecithin moisture data were compared. The data obtained showed great variability among themselves, but the influence of oil on gum on the final viscosity of lecithin was observed, revealing that they are inversely proportional, the higher the percentage of gum oil, the lower the viscosity, whereas the moisture didn’t show any great impact. The amount of oil in the gum varies as much by the quality of the soybean used in the processing as by the process parameters, and the adjustment with the addition of degummed oil proves to be a good alternative.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16191
Aparece nas coleções:PG - Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PG_COENQ_2019_2_01.pdf1,61 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.