Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16192
Título: Desempenho de milho safrinha consorciado com diferentes plantas de cobertura
Título(s) alternativo(s): Second crop corn performance with different cover plants
Autor(es): Siedlecki, Rafael
Orientador(es): Adami, Paulo Fernando
Palavras-chave: Biomassa
Cultivo consorciado
Milho
Biomass
Companion planting
Corn
Data do documento: 23-Jun-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Dois Vizinhos
Referência: SIEDLECKI, Rafael. Desempenho de milho safrinha consorciado com diferentes plantas de cobertura. 2017. 44 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos, 2017.
Resumo: Com o desafio de estabelecer novas práticas agrícolas que visam o aumento da produtividade e/ou ganhos indiretos a partir do cultivo de milho segunda safra (safrinha), o plantio de milho consorciado com diferentes plantas de cobertura vem se difundindo por todo o território brasileiro, onde que, na região centro-oeste esta prática já vem sendo adotada de forma crescente pelos produtores. Diante do exposto, este trabalho tem o intuito de trazer essa prática para a região sudoeste do Paraná, com o objetivo de avaliar o cultivo consorciado entre milho e plantas de cobertura e o desempenho da cultura do milho segunda safra. O experimento foi conduzido na estação experimental da Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Campus Dois Vizinhos. O hibrido P3340 YHR foi cultivado no espaçamento de 45 cm entre linhas com uma densidade de semeadura de 63.000 plantas ha-1. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com cinco tratamentos e quatro repetições, sendo: Milho solteiro, Milho + Crotalaria (Crotalaria spectabilis), Milho + Feijão Guandu (Cajanus cajan), Milho + Urochloa brizantha e Milho + Urochloa ruziziensis. Foram avaliados componentes de rendimentos da cultura do milho e produção de biomassa das plantas de cobertura. No consórcio milho + Urochloa ruziziensis, o milho apresentou menor número de fileiras por espiga, grãos por fileiras e grãos por espigas, o que consequentemente resultou em menor produtividade de grãos, um déficit de 13,8% em relação a maior média de produção, que é correspondente ao tratamento Milho + Urochloa brizantha (8.882 kg ha-1, ou 148 sc ha-1). Por outro lado, obteve a maior produtividade de biomassa, com 7.133 kg ha-1 de matéria verde (MV) e 1.546 kg ha-1 para matéria seca (MS). O consórcio milho + guandú apresentou menor produção de matéria verde, produzindo apenas 60% (4.300 kg ha-1) e consequentemente 967 kg ha-1 (62,5%) de matéria seca em relação ao tratamento com maior produção. Não houve diferença estatística de produção de grãos para as demais espécies utilizadas em relação ao cultivo singular do milho. O cultivo consorciado é uma excelente opção de cultivo por otimizar a produção de palha no sistema de plantio direto.
Abstract: Having the challenge of establishing new agricultural practices that aim to increase the productivity and / or indirect gains with the second crop corn cultivation, the corn intercropping with different cover plants has spread all over Brazil. This practice has been increasingly adopted by producers in the Midwest. In view of the above, this work intends to bring this practice to the southwest region of Paraná, with the objective of evaluating the intercropping between corn and cover plants, besides the second crop corn performance. The experiment was conducted at the experimental station of the Federal Technological University of Paraná - Campus Dois Vizinhos. Hybrid P3340 YHR was grown at 45 cm of spacing among rows with a seeding density of 63,000 ha-1 plants. The experimental design was a randomized complete block design with five treatments and four replicates, being: Single corn, Corn + Crotalaria (Crotalaria spectabilis), Corn + Guandu Bean (Cajanus cajan), Corn + Urochloa brizantha and Corn + Urochloa ruziziensis. Yields from corn crops and biomass production of cover crops were evaluated. In the intercropping corn + Urochloa ruziziensis, the corn presented lower number of rows per ear, grain per rows and grain per ear, which resulted in lower grain yield, a deficit of 13.8% in relation to the highest production average, which corresponds to the treatment Corn + Urochloa brizantha (8,882 kg ha-1, or 148 sc ha-1). On the other hand, it obtained the highest productivity of biomass, with 7,133 kg ha-1 of green matter (GM) and 1,546 kg ha-1 for dry matter (DM). The intercropping corn + guandu presented lower production of green matter, producing only 60% (4,300 kg / ha-1) and consequently 967 kg ha-1 (62.5%) of dry matter in relation to the treatment with higher production. There was no statistical difference of grain yield for the other species used in relation to the singular corn crop. Intercropping is an excellent cultivation option for optimizing straw production in the no-tillage system.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16192
Aparece nas coleções:DV - Agronomia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DV_COAGR_2017_1_06.pdf1,4 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.