Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16209
Título: Recuperação da nascente no afluente do rio Xaxim, Matelândia, Paraná
Título(s) alternativo(s): Recovery of the source in the tributary of the Xaxim river, Matelândia, Paraná
Autor(es): Bocchi, Ruan
Orientador(es): Rohde, Cristhiane
Palavras-chave: Água - Qualidade
Sustentabilidade
Nascentes
Water quality
Sustainability
Springs
Data do documento: 3-Jul-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Medianeira
Referência: BOCCHI, Ruan. Recuperação da nascente no afluente do rio Xaxim, Matelândia, Paraná. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Ambiental) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2019.
Resumo: O presente estudo teve como objetivo realizar a recuperação de uma nascente no afluente do rio Xaxim, Matelândia (PR), na Agro- Cafeeira, PR 509 próximo a linha Xaxim. A técnica utilizada para recuperar a nascente no afluente do rio Xaxim foi de escavação de vala e a preparação da cabeceira com argila e cimento, com a utilização de rochas basálticas e canos de Policloreto de vinilo (PVC) com tamanhos diferentes. Foi realizado também o reflorestamento das margens do córrego deste afluente com plantio em linhas de espécies pioneiras e não pioneiras de grande porte (35%), para fechamento do afluente, e de médio porte (65%) para recomposição da mata ciliar, sendo todas espécies nativas. Foram realizadas análises físico-químicas de turbidez, temperatura, pH, dureza e alcalinidade total, além de análises microbiológicas para contagem de bactérias heterotróficas, e quantificação de coliformes totais e Escherichia coli, para verificar a qualidade da água na nascente após a sua recuperação. A nascente foi recuperada com sucesso, sendo observada melhora significativa na distribuição da água após a aplicação do sistema solo-cimento, em função da redução dos processos erosivos e de assoreamentos. O córrego foi reflorestado com sucesso, sendo observado o desenvolvimento das árvores até estágio da capoeira. Para as análises físicoquímicas, apenas o parâmetro turbidez (63 uT) apresentou alteração na nascente, devido à presença de sujeira, sedimento e folhas. Os demais parâmetros analisados atenderam os limites estabelecidos na Portaria do Ministério da Saúde n0518/04 e na Portaria do Controle e de Vigilância da Qualidade da água do Ministério da Saúde n0 2914/2011. Em relação aos parâmetros microbiológicos, a água da nascente apresentou contaminação de bactérias heterotróficas (5000 UFC/ml na nascente e 3000 UFC/ml na torneira após a reservação), presença de coliformes totais (2419,6 NMP/ml na nascente e na torneira após a reservação) e de E. coli (315,5 NMP/ml na nascente e 866,4 NMP/ml na torneira após a reservação) apresentando valores para água não tratada acima da normalidade da Resolução CONAMA N0357/2005. Após o resultado da primeira análise microbiológica, foi utilizado o hipoclorito de sódio na propriedade para descontaminar a água. Foi realiza uma segunda análise microbiológica, na qual se constatou a ausencia da contaminação microbiologica atendendo os valores da Portaria de consolidação N05/2017. As técnicas de escavação de vala e preparação da cabeceira foram eficientes para a recuperação da nascente, aumentando o fluxo de água e mantendo os parâmetros físicoquímicos dentro dos limites estabelecidos para a manutenção da qualidade da água. Porém, a técnica não foi eficaz para restaurar a qualidade microbiológica da água, sendo necessária a adição do hipoclorito de sódio.
Abstract: The present study had the objective of recovering a spring in the affluent of the Xaxim River, Matelândia (PR), in Agro-Cafeeira, PR 509 near the Xaxim line. The technique used to recover the source in the tributary of the Xaxim river was trench excavation and the preparation of the headland with clay and cement, using basaltic rocks and polyvinyl chloride (PVC) pipes of different sizes. It was also carried out the reforestation of the stream banks of this tributary with planting in lines of pioneer and non-pioneer species of large size (35%), to close the tributary, and medium size (65%) to recompose the riparian forest, all species. Physical and chemical analyzes of turbidity, temperature, pH, hardness and total alkalinity, as well as microbiological analyzes for counting heterotrophic bacteria, and quantification of total coliforms and Escherichia coli were carried out to verify the water quality at the source after recovery. The source was recovered successfully, with a significant improvement in the water distribution after the application of the soil-cement system, due to the reduction of erosion and silting processes. The stream was reforested with success, being observed the development of the trees until the stage of the capoeira. For the physico-chemical analyzes, only turbidity parameter (63 uT) presented alteration at the source due to the presence of dirt, sediment and leaves. The other parameters analyzed met the limits established in the Ministry of Health Ordinance N0518/04 and the Water Quality Control and Monitoring Ordinance of the Ministry of Health N02914/2011. The presence of total coliforms (2419.6 NMP/ml at the source and in the tap) was observed in the water from the source of contamination of the heterotrophic bacteria (5000 UFC/ml at the source and 3000 UFC/ml at the tap after the reservation) and E. coli (315.5 NMP/ml at source and 866.4 NMP/ml at tap after reservation) presenting values for untreated water above the normal range of CONAMA Resolution N0357/2005. After the first microbiological analysis, the sodium hypochlorite was used in the property to decontaminate the water. A second microbiological analysis was carried out, in which the absence of microbiological contamination was verified, taking into account the values of the Consolidation Ordinance N05/2017. The techniques of trench excavation and bedside preparation were efficient for the recovery of the source, increasing the water flow and maintaining the physicochemical parameters within the limits established for the maintenance of water quality. However, the technique was not efficient to restore the microbiological quality of the water, being necessary the addition of sodium hypochlorite.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16209
Aparece nas coleções:MD - Engenharia Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
recuperacaonascenteafluenterio.pdf3,42 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.