Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16432
Título: Avaliação de genotoxicidade em células hepáticas e sanguíneas de Rhamdia quelen submetidas a exposição ao herbicida 2,4-D
Título(s) alternativo(s): Genotoxicity assessment in hepatic and blood cells of Rhamdia quelen exposure to 2,4-D herbicide
Autor(es): Soares, Tábatta Kim Marques
Orientador(es): Ghisi, Nédia de Castilhos
Palavras-chave: Produtos químicos agrícolas
Ácido diclorofenoxiacético
Neurônios
Agricultural chemicals
Dichlorophenoxyacetic acid
Neurons
Data do documento: 6-Dez-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Dois Vizinhos
Referência: SOARES, Marques Tábatta Kim. Avaliação de genotoxicidade em células hepáticas e sanguíneas de Rhamdia quelen submetidas a exposição ao herbicida 2,4-D. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos, 2019.
Resumo: Desde a Segunda Guerra Mundial, insumos agrícolas são desenvolvidos e utilizados em escala crescente para o controle de pragas e aumento da produtividade agrícola. Entretanto, seus resíduos atingem outros ambientes tornando-se poluentes, sobretudo em ecossistemas aquáticos visto que esses são os receptores finais de resíduos lançados no ambiente. Assim, o presente estudo teve como objetivo avaliar a genotoxicidade do Ácido diclorofenoxiacético (2,4-D) na espécie nativa Rhamdia quelen. O bioensaio consistiu em quadruplicatas que por via trófica foram administradas três concentrações de 2,4-D, além do grupo controle manipulado igualmente. Foram realizadas ao longo do experimento cinco gavagens e dois períodos de coletas amostrais, o primeiro aos 22 dias e o segundo aos 42 dias. As análises de danos moleculares em células hepáticas e sanguíneas foram mensuradas através do teste de ensaio cometa em que foram contabilizados 100 nucleoides por amostra classificados em cinco níveis de danos. A análise estatística foi feita utilizando-se de ANOVA se os dados eram paramétricos ou Kruskal Wallis caso não. O estudo não apontou diferenças significativas entre os tratamentos, entretanto indicou diferença significativa entre os tempos amostrais em que a maior taxa de dano genético ocorreu no menor período de exposição ao herbicida.
Abstract: Since World War II, agricultural inputs have been developed and used on an increasing scale for pest control and increased agricultural productivity. However, their waste reaches other environments becoming polluting, especially in aquatic ecosystems as these are the final receptors of waste released into the environment. Thus, the present study aimed to evaluate the genotoxicity of dichlorophenoxyacetic acid (2,4-D) on native species Rhamdia quelen. The bioassay consisted of quadruplicates that ingested three concentrations of 2,4-D by gavage, in addition to the equally manipulated control group. Five gavages were performed throughout the experiment in two sampling periods, the first at 22 days and the second at 42 days. Molecular damage analyzes were measured using the comet assay test in which 100 nucleosides per sample were classified into five damage levels. And statistical analysis was done using ANOVA if the data were parametric or Kruskal Wallis. The study did not show significant differences between treatments, however it indicated significant difference between the sampling times in which the highest rate of genetic damage occurred in the shortest period of exposure to the herbicide.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16432
Aparece nas coleções:DV - Licenciatura em Ciências Biológicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DV_COBIO_2019_2_21.pdf
  Disponível a partir de 5000-12-11
677,66 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.