Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16825
Título: Decomposição da matéria seca e liberação de nutrientes de esterco de bovinos e material de forragem senescente
Título(s) alternativo(s): Dry matter decomposition and nutrient release from manure of cattle and forage equipment senescent
Autor(es): Nazário, Dickson
Orientador(es): Sartor, Laercio Ricardo
Palavras-chave: Azevem
Nitrogênio
Aveia
Lollium perene
Nitrogen
Oats
Data do documento: 13-Ago-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Dois Vizinhos
Referência: NAZÁRIO, Dickson. Decomposição da matéria seca e liberação de nutrientes de esterco de bovinos e material de forragem senescente. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Zootecnia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos, 2014.
Resumo: O objetivo deste trabalho é avaliar a decomposição da matéria seca e liberação de nutrientes (N, P, K) de fezes e biomassa residual a partir de pastagens compostas de aveia (Avena sativa) e azevém (Lolium multiflorum) e pastagem consorciada de aveia (Avena sativa), azevém (Lolium multiflorum) e ervilhaca ((Vicia sativa L.). Com o intuito de estimar a quantidade de nutrientes (N, P, K) transferida para o solo via fezes dos animais em pastejo, verificando se a leguminosa (ervilhaca) interfere na velocidade de decomposição e liberação de nutrientes dos materiais a serem estudados (fezes e biomassa residual). O experimento faz parte de um protocolo conduzido na área da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Dois Vizinhos, situada a 25º, 42’, 52’’ de latitude S e longitude de 53º, 03’, 94” W, a 520 metros acima do nível do mar. O solo da área experimental é classificado como Latossolo Vermelho distroférrico. O clima, segundo classificação de Kopen é Cfa. Os tratamentos foram compostos de misturas de espécies forrageiras com diferentes densidades de plantas de ervilhaca, sendo: tratamento 0: aveia + azevém; tratamento 1: aveia + azevém + 15 kg ha-1 de ervilhaca; tratamento 2: aveia + azevém + 30 kg ha-1 de ervilhaca; tratamento 3: aveia + azevém + 45 kg ha-1 de ervilhaca. A avaliação da taxa de decomposição da biomassa residual e animal foi realizada através da metodologia de uso dos litter bag, em que foram alocados 20 g gramas de matéria seca de fezes e de biomassa residual (material em senescência). Estes foram distribuídos em 36 sacos de decomposição por tratamento por material (fezes e biomassa residual). Os sacos de nylon com as repetições de cada tratamento foram alocados sobre a superfície do solo nas respectivas parcelas sob a proteção de gaiolas de exclusão ao pastejo, em que foram coletados nos dias 0, 15, 30, 45, 60, 90, 120, 150. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso. As taxas de decomposição da massa seca residual (MS) e a liberação de nutrientes (N,P e K) de fezes e biomassa residual foram estimadas pelo programa estatístico Sigmaplot 8.0. O experimento demonstrou valores bem inferiores ao que se estava esperando e também bem diferente quando comparado a trabalhos de outros autores com relação a utilização de leguminosas no consórcio com gramíneas. Entretanto os tratamentos que melhor obteram resultados quanto a decomposição do material e dos nutrientes, foram T1 com densidade de 15 kg ha-1 e o T2 com 30 kg ha-1.
Abstract: The objective of this study is to evaluate decomposition of dry matter and release of nutrients (N, P, K) of feces and residual biomass from grasslands composed of oat (Avena sativa) and ryegrass (Lolium multiflorum) pasture and intercropped oats (Avena sativa), ryegrass (Lolium multiflorum) and vetch ((Vicia sativa L.). aiming to estimate the amount of nutrients (N, P, K) transferred to the soil via feces of grazing animals, verifying that the legume (vetch) interferes with the rate of decomposition and nutrient release of materials to be studied (feces and residual biomass). The experiment is part of a protocol conducted at the Federal Technological University of Paraná, Campus Dois Vizinhos located at 25 º, 42 ', 52'' S latitude and longitude of 53 ° 03' 94 "W, at 520 meters above sea level. The soil of the experimental area is classified as distroferric Red Latosol. The climate, according to Köppen classification is Cfa. The treatments will consist of mixtures of forage species with different densities of vetch plants, as follows: Treatment 1: oats + ryegrass, treatment 2: oats + ryegrass + 15 kg ha-1 vetch; treatment 3 oats + ryegrass + 30 kg ha-1 vetch; treatment 4: oats + ryegrass + 45 kg ha-1 vetch. The evaluation of the rate of decomposition of residual biomass and animal was performed using the methodology of using the litter bag, in which were placed 20 g grams of dry feces and residual biomass (material senescence). These were distributed in 36 litter bags per treatment by material (feces and residual biomass). Nylon bags with the repetitions of each treatment were placed on the soil surface in the respective portions under the protection of grazing exclusion cages, which were collected on days 0, 15, 30, 45, 60, 90, 120, 150 the experimental design was randomized blocks. Decomposition rates of residual dry matter (DM) and the release of nutrients (N, P and K) of feces and residual biomass were estimated by Sigmaplot 8.0 software. The experiment demonstrated well below what it was expecting and also quite different values when compared to the works of other authors regarding the use of legumes in intercropping with grasses. However the treatments that best obteram results as the decomposition of the material and nutrients, were T1 with a density of 15 kg ha-1 and T2 with 30 kg ha-1.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16825
Aparece nas coleções:DV - Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DV_COZOO_2014_1_7.pdf589,77 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.