Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16835
Título: Efeito da utilização de leveduras vivas no desempenho de leitões
Título(s) alternativo(s): Effect of live yeast on performance of piglets
Autor(es): Dias, Letícia
Orientador(es): Cella, Paulo Segatto
Palavras-chave: Suínos
Probióticos
Saccharomyces cerevisiae
Swine
Probiotics
Data do documento: 11-Ago-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Dois Vizinhos
Referência: DIAS, Letícia. Efeito da utilização de leveduras vivas no desempenho de leitões. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Zootecnia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos, 2014.
Resumo: Antibióticos são promotores de crescimento tradicionais para suínos, visam melhorar o desempenho dos animais. Porém, seu uso indiscriminado nas dietas animais vem sendo questionado em função do risco de toxidez e por comprometer a saúde humana, podendo causar também problemas de resistência bacteriana aos antibióticos. O que resultou em uma busca por aditivos substitutos, como os probióticos a base de leveduras vivas (Saccharomyces cerevisiae) que são capazes de colonizar o intestino, mantendo seu equilíbrio e criando uma barreira contra microrganismos patogênicos, e desta forma, melhorar o desempenho dos animais. Diante do exposto, o objetivo do trabalho foi de avaliar o efeito probiótico de leveduras vivas nos parâmetros de desempenho de leitões na fase de creche. O experimento foi conduzido no setor de Suinocultura da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Câmpus Dois Vizinhos. Foram utilizados 18 leitões cruzados, com 50 dias de idade e peso médio de 12 kg, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, contendo 2 tratamentos (T1 - ração basal sem inclusão de melhoradores de eficiência e T2 - ração basal + 0,2% de inclusão de Probiótico). O probiótico usado na ração do T2 tem como fonte a levedura viva Saccharomyces cerevisiae. Foram avaliados os seguintes parâmetros: consumo de ração, conversão alimentar, ganho de peso, viabilidade econômica e consistência das fezes. Os dados de desempenho foram submetidos à análise de variância, sendo a diferença entre as médias verificadas pelo teste F. Apenas o consumo de ração apresentou diferença estatística (P<0,05) onde à ração contendo o probiótico (T2) apresentou menor consumo. Desta forma pode-se concluir que o uso de leveduras vivas não influenciou positivamente o desempenho produtivo e econômico de leitões.
Abstract: Antibiotics are traditional growth promoters for pigs, aimed at improving animal performance. However, their widespread use in animal diets has been questioned due to the risk of toxicity and endanger human health, and may also cause problems of bacterial resistance to antibiotics. This resulted in a search for substitutes additives such as probiotics base of live yeast (Saccharomyces cerevisiae) that are able to colonize the gut, keeping your balance and creating a barrier against pathogenic microorganisms, and thus improve animal performance . Given the above, the objective of this study is to evaluate the effect of probiotic live yeast on the performance parameters of piglets in the nursery phase. The experiment was conducted in the swine industry, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Dois Vizinhos. Crusaders 18 piglets were used 50 days old and weighing 12 kg, distributed in a completely randomized design containing two treatments (T1 - basal diet without inclusion of enhancers efficiency and T2 - basal diet + 0.2% addition of probiotic). The probiotic used in food as a source of T2 has the live yeast Saccharomyces cerevisiae. The animals were subjected to 7 days of adaptation, this time receiving the basal diet. Feed intake, feed conversion, weight gain, economic viability and stool consistency were evaluated. Performance data submitted to analysis of variance, and the difference between the observed average by F test. Just feed intake showed a statistical difference (P <0.05) where the diet containing the probiotic (T2) showed a lower consumption. Thus it can be concluded that the use of live yeast are positively influenced the economic and productive performance of piglets.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16835
Aparece nas coleções:DV - Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DV_COZOO_2014_1_17.pdf372,81 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.