Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1987
Título: Aplicação de microextração líquido-líquido para análise de BTX (benzeno, tolueno e xileno) em amostras ambientais
Autor(es): Cesca, Elizangela Cavazzini
Orientador(es): Khalaf, Péricles
Palavras-chave: Análise cromatográfica
Espectrometria de massa
Cromatografia a gás
Chromatographic analysis
Mass spectrometry
Gas chromatography
Data do documento: 18-Set-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: CESCA, Elizangela Cavazzini. Aplicação de microextração líquido-líquido para análise de BTX (benzeno, tolueno e xileno) em amostras ambientais. 2013. 48 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2013.
Resumo: Os compostos voláteis BTEX (benzeno, tolueno, etilbenzeno e o xileno) presentes na gasolina, são altamente tóxicos, causando danos à saúde, para regulamentar esses compostos, que são encontrados na gasolina existem leis ambientais regidas pela Resolução CONAMA 420, que regulamenta os postos de combustíveis. Para a realização das análises cromatográficas de identificação e quantificação dos BTX utilizou-se o método EPA 8260B. A microextração líquido-líquido com o frasco de Murray foi aplicada para extração de BTX em amostras aquosas contaminadas utilizando-se hexano como solvente extrator com posterior análise por cromatografia gasosa acoplada ao espectrômetro de massas. Foram feitas analises da amostra composta coletada no final do tratamento do efluente gerado no posto e que passa por um processo de tratamento, a outra foi coletada sem tratamento nas rampas de lavagem, foi feito também uma mistura de BTX. Após a pré-concentração as amostras analisadas no CG/MS, que apresentou picos característicos dos compostos tolueno, m, p, o- xilenos. O método de extração se mostrou eficiente porém a análise foi qualitativa, mas demonstrou que a amostra com tratamento apresenta tolueno e m-xileno, devendo-se otimizar o método de extração e o método cromatográfico para se obter resultados mais confiáveis.
Abstract: Volatile compounds BTEX (benzene, toluene, ethylbenzene and xylene) present in gasoline, are highly toxic, causing damage to health, to regulate these compounds, which are found in gasoline are environmental laws governed by CONAMA Resolution 420, which regulates the gas fuels. To make the chromatographic analyzes for the identification and quantification of BTX was used to EPA Method 8260B. The liquid-liquid microextraction with the bottle of Murray was applied for extraction of BTX contaminated aqueous samples using hexane as a solvent extractor and analyzed by gas chromatography coupled with mass spectrometry. Analysis were made of the composite sample collected at the end of the treatment the effluent from the post and passing through a treatment process, the other was collected untreated ramps washing, a mixture was also made of BTX. After pre-concentration of the samples analyzed in GC/MS, which showed characteristic peaks of the compounds toluene, m, p, o-xylenes. The extraction method was efficient but the analysis was qualitative, but showed that the treated sample shows toluene, m-xylene, and one should optimize the extraction method and chromatographic method to obtain more reliable results.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1987
Aparece nas coleções:PB - Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_COQUI_2013_1_08.pdf1,28 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.