Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/2004
Título: Proposta de implementação dos níveis G e F do MPS.BR na empresa júnior do curso de engenharia de computação da UTFPR
Autor(es): Battisti, Douglas
Orientador(es): De Bortoli, Eliane Maria
Palavras-chave: Software - Desenvolvimento
Software de aplicação - Desenvolvimento
Gerenciamento de recursos de informação
Computer software - Development
Application software - Development
Information resources management
Data do documento: 26-Fev-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: BATTISTI, Douglas. Proposta de implementação dos níveis G e F do MPS.BR na empresa júnior do curso de engenharia de computação da UTFPR. 2013. 175 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2013.
Resumo: As empresas cada vez mais buscam a melhoria de seus processos e a qualidade de seus produtos, de forma a obter resultados dentro do prazo, custo e qualidade desejados. As normas e os modelos de melhoria de processo de software como o Capability Maturity Model Integrarion (CMMI), a norma ISO/IEC 12207 e o modelo denominado Melhoria do Processo de Software Brasileiro (MPS.BR) são importantes ferramentas para dar suporte à implementação de processos de empresas de software visando elevar o nível de qualidade. A Empresa Júnior do Curso de Engenharia de Computação - OCCAM Engenharia, a qual iniciará suas atividades em breve, visa o desenvolvimento de serviços voltados para o desenvolvimento de software. Essa empresa não possui processos bem definidos para a realização desse trabalho, o que se faz bastante necessário, tendo em vista a diversidade de pessoas atuando em seus projetos, bem como a flexibilidade na realização dos trabalhos. Desta forma, esse trabalho visa ainda, propor modelos de artefatos e processos de desenvolvimento, baseados nos níveis G e F do MPS.BR, a serem implementados pela OCCAM Engenharia, de forma a padronizar a realização das atividades relacionadas ao desenvolvimento de serviços de software pela empresa. O MPS.BR se apresentou como o modelo mais indicado para a implementação na OCCAM Engenharia, por se tratar de um modelo acessível em termos de custos e documentação, além de se mostrar aplicável a empresas de software de pequeno porte. Foram definidas as evidências necessárias para a implementação dos níveis G e F do MPS.BR nessa empresa. A partir disso, foram definidos os processos e artefatos considerados como aplicáveis à OCCAM Engenharia inicialmente, os quais são relativos à Gerência de Configuração, Garantia de Qualidade, Medição e Fornecimento – esse último baseado na Norma ISO/IEC 12207. Cada processo foi documentado descrevendo detalhadamente cada atividade que a empresa deverá desenvolver, e por fim foram adaptados e elaborados os modelos de artefatos necessários à execução das atividades de cada processo. Desta forma, cada atividade faz referência ao respectivo artefato e, assim, os quadros de evidências fazem referência ao artefato e aos itens necessários para evidenciar cada resultado esperado para um determinado processo.
Abstract: Companies increasingly seek to improve their processes and the quality of its products, in order to obtain results within the time, cost and desired quality. Standards and models for improving the software process as the Capability Maturity Model Integration (CMMI), ISO/IEC 12207 standard and the model called Improvement of Brazilian Software Process (MPS.BR) are important tools to support the implementation of processes software company aimed at raising the level of quality. The Junior Company of the Course of Computer Engineering - Engineering OCCAM , which will soon start its activities, aims at developing services aimed at software development. This company does not have well-defined processes for doing this job , what is done rather necessary, considering the diversity of people working on their projects, as well as flexibility in the work. Thus, this paper also aims to propose models of artifacts and development processes, based on the levels of G and F MPS.BR, to be implemented by OCCAM Engineering , in order to standardize the performance of activities related to the development of software services by the company. The MPS.BR introduced himself as the model most suitable for implementation in OCCAM Engineering, because it is an affordable model in terms of costs and documentation, besides showing applicable to small software companies. Necessary for the implementation of the G and F of this company evidence MPS.BR levels were defined. The latter based on ISO / IEC 12207 - From this, the processes and artifacts considered as applicable to the OCCAM Engineering initially, which are related to Configuration Management , Quality Assurance, Measurement and Supply were defined. Each process was documented detailing each activity that the company should develop, and eventually were adapted and developed models of artifacts required to implement the activities of each process. Thus, each activity refers to its artifact and, similarly, the frames of reference the evidence and artifact items needed for each show expected results for a given process .
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/2004
Aparece nas coleções:PB - Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC_COADS_2013_2_04.pdf1,38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.