Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/2097
Título: Sistema automatizado para irrigação de estufas
Autor(es): Madalosso, Emanoeli
Orientador(es): Linares, Kathya Silvia Collazos
Palavras-chave: Sistemas de controle inteligente - Irrigação
Irrigação agrícola
Controladores programáveis
Microcontroladores
Intelligent control systems - Irrigation
Irrigation farming
Programmable controllers
Microcontrollers
Data do documento: 26-Fev-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: MADALOSSO, Emanoeli. Sistema automatizado para irrigação de estufas. 2014. 76 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2014.
Resumo: O interesse pela irrigação no Brasil emerge nas mais variadas condições de clima, solo, cultura e sócio economia. Não existe um sistema de irrigação ideal, capaz de atender satisfatoriamente a todas essas condições e aos interesses envolvidos. Entretanto, no caso da irrigação de culturas em estufas, o sistema de micro aspersão tem tido bons resultados. Na região sudoeste do Paraná agricultores utilizam a microaspersão de forma manual. Cada estufa possui um sistema de microaspersão ligado a tubulações que se comunicam através de registros a um sistema de bombeamento de água proveniente de um açude. A abertura e fechamento dos registros para cada estufa é manual. Este processo consome água além do necessário como também cria a necessidade da presença do agricultor para a manipulação dos registros. A automatização de um processo pode envolver mecanismos dos mais simples aos mais complexos, sendo isto possível pelo desenvolvimento de dispositivos mecânicos e eletro-eletrônicos que permitem o acionamento sem intervenção humana, por exemplo, a ativação e/ou desativação de um processo. Este trabalho apresenta a construção de um protótipo para irrigar estufas que utilizam microaspersão. O protótipo utiliza sensores de umidade, válvulas solenoides, um microcontrolador e uma interface de rede. O sistema utiliza um servidor gratuito para armazenar uma base dados contendo os valores de níveis adequados de umidade para diferentes culturas. A determinação destes níveis de umidade foi feita de forma experimental junto a um agricultor. Também foi desenvolvido um site onde o agricultor/usuário pode realizar cadastros e acompanhar informações do sistema.
Abstract: The interest in irrigation in Brazil emerge under different conditions of climate, soil, culture and socioeconomics. There is no ideal irrigation system able to satisfactorily meet all of these conditions and the interests involved. However, in the case of crop irrigation in greenhouses, the microsprinkler system has had good results. In southwest region of Paraná, farmers use microsprinklers manually. Each greenhouse has a micro sprinkler system connected to pipes that communicate through a system of water valves to the pumping of water from a dam. The opening and closing of valves for each greenhouse is manual. This process consumes water than necessary but also creates the need for the presence of the farmer for manipulation of valves. The automation of a process may involve mechanisms from simple to more complexes, this being possible by the development of mechanical devices and electronics that allow the drive without human intervention, i.e., activation and/or deactivation of a process. This paper presents the construction of a prototype to irrigate greenhouses that use microsprinklers. The prototype uses moisture sensors, solenoid valves, a microcontroller and a network interface. The system uses a free server to store a database containing appropriate amounts of moisture levels for different crops. The determination of these moisture levels was done experimentally with a farmer. Was also developed a site where the farmer/user can track records and verify system information.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/2097
Aparece nas coleções:PB - Engenharia de Computação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_ECOMP_2013_2_02.pdf.pdf1,99 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.