Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/2108
Título: Estudo da biodegradação de efluente kraft por fungos ligninolíticos
Autor(es): Cordeiro, Carin Catiusce
Orientador(es): Soares, Marlene
Palavras-chave: Biodegradação
Celulose - Biodegradação
Resíduos industriais
Testes de toxicidade
Biodegradation
Cellulose - Biodegradation
Factory and trade waste
Toxicity testing
Data do documento: 25-Set-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: CORDEIRO, Carin Catiusce. Estudo da biodegradação de efluente kraft por fungos ligninolíticos. 2013. 83 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2013.
Resumo: Mesmo com todo o avanço tecnológico disponível, a indústria de papel e celulose é uma das que mais colaboram com a contaminação do meio ambiente por apresentarem na maior parte de sua composição compostos lignínicos, matéria orgânica, cor e toxicidade. O presente trabalho teve por objetivo estudar a capacidade e a eficiência de fungos ligninolíticos em degradar compostos presentes em efluente Kraft Foram realizados experimentos em meio sólido e em meio líquido, numa sequência de quatro etapas. Na primeira foi realizada a caracterização físico-química do efluente. Na segunda etapa foram variadas as concentrações de efluente (de 0% a 100%) dos meios de cultivo solidificado, avaliando seu efeito sobre o crescimento micelial, utilizando os fungos Phanerochaete chrysosporium ATCC 24725, Agaricus bisporus ABI 25 e Pleurotus florida PSP 1. A partir dos melhores resultados, na terceira foi realizado em meio líquido um delineamento experimental 23, variando glicose, pH e concentração de efluente, sendo avaliados: biomassa, compostos lignínicos, cor e toxicidade com D. magna e L. sativa. Na etapa final foi realizado um acompanhamento cinético da condição otimizada, durante dez dias, com amostragem a cada dois dias. O melhor resultado de crescimento micelial em meio solidificado foi obtido com o fungo Pleurotus florida em 20% de efluente 4,88 mm/dia e os de remoção de compostos, em meio líquido, foram obtidos com o 10% de efluente Kraft, pH 7,0 e com adição de 10 g/L de glicose. Os valores de remoção de remoção de cor foram (63,6 – 68,6%) e compostos ligninicos (94,36 – 98,76%) e também redução da toxicidade em relação aos bioensaios realizados. Em relação ao ensaio cinético observou-se correlação entre a remoção de cor e lignina e a formação de biomassa. A produção de Manganês Peroxidase foi de 593,98 U/mL. Os resultados obtidos indicam que Pleurotus florida apresentou potencial de biodegradação de compostos presentes em efluente Kraft, mas novos estudos devem ser realizados.
Abstract: Even with all the technological advances available, the pulp and paper industry is one of the biggest water consumer, presenting an effluent rich in lignin compounds, organic matter, color and toxicity. The present work aimed to study the capacity and efficiency of ligninolytic fungi to degrade compounds present in kraft wastewater. Experiments were conducted first on solid medium and after in liquid medium, in a sequence of four steps. The first study carried out the physico-chemical characterization of the effluent. In the second, different concentrations of the effluent (from 0 % to 100 %) mixed with agar (1,5%) were distribuited on Petri in order to evaluate its effect on mycelial growth of Phanerochaete chrysosporium ATCC 24725, Agaricus bisporus ABI 25 and Pleurotus florida PSP 1. Considering the results , the third experiment was conducted in liquid medium, in a factorial experiment 23, varying glucose, pH and concentration of effluent. In this experiment biomass, ligninic compounds , color and toxicity to Daphnia magna and Lactuca sativa were evaluated. In the final step a ten day kinetic was conducted, monitoring parameters every two days. Mycelial growth on solid medium showed best results for Pleurotus florida and Phanerochaete chrysosporium. In ligd medium best results were obtained for P. florida cultivated on 10% of effluent Kraft , pH 7 and by adding 10 g / L glucose. Result of removing color removal was about 65% and ligninic compounds around 95%. Regarding the kinetic assay correlation was observed between lignin and color removal and the formation of biomass. Production of manganese peroxidase was 593.98 U/mL. Pleurotus florida showed potential for biodegradation of compounds present in wastewater Kraft, but further studies should be conducted.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/2108
Aparece nas coleções:CT - Tecnologia em Processos Ambientais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COPAM_2013_1_03.pdf1,41 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.