Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/2110
Título: Avaliação da degradação de corante têxtil por processos fenton e foto-fenton
Autor(es): Torres, Mariana de Almeida
Cheminski, Thais
Orientador(es): Freitas, Adriane Martins de
Palavras-chave: Corantes
Corantes e tingimento
Testes de toxicidade
Resíduos industriais
Águas residuais - Purificação
Biodegradação
Colorings matter
Dyes and dyeing
Toxicity testing
Factory and trade waste
Sewage - Purification
Biodegradation
Data do documento: 25-Set-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: TORRES, Mariana de Almeida; CHEMINSKI, Thais. Avaliação da degradação de corante têxtil por processos fenton e foto-fenton. 2013. 62 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2013.
Resumo: O presente estudo teve como objetivo avaliar a degradação do corante têxtil Preto Reativo 5 através dos processos Fenton e foto-Fenton, assim como a toxicidade aguda do corante, antes e após o tratamento, realizando-se testes com sementes Lactuca sativa (alface) e com o microcrustáceo Daphnia magna. Os estudos de degradação foram dirigidos em reator fotoquímico convencional de bancada, com condições de ferro e peróxido de hidrogênio previamente otimizadas. Os testes de toxicidade foram realizados conforme metodologia descrita na literatura. Os resultados obtidos indicaram maior redução na área espectral no sistema foto-fenton (83%), após 60 minutos de reação. Também foi constatada maior redução na concentração de Carbono Orgânico Total nas amostras tratadas pelo sistema foto-Fenton, se comparado com o processo sem radiação. Em relação aos testes com Daphnia magna foi verificada mobilização de 98,75% dos organismos nos testes com corante sem tratamento em concentrações acima de 800 mg/L, assim como em amostras contendo corante tratado a pH~3 por ambos os processos. Foi constado leve aumento da toxicidade após o tratamento pelos processos Fenton e foto-Fenton nas amostras de pH~7 tanto para D. magna, como para L. sativa.
Abstract: The present study aimed to evaluate the degradation of textile dye Reactive Black 5 by Fenton and photo-Fenton processes, and evaluate the acute toxicity of the dye before and after treatment, performing tests with Lactuca sativa (lettuce seeds) and Daphnia magna. The degradation studies were performed in conventional photochemical reactor with conditions of iron and hydrogen peroxide previously optimized. Toxicity tests were performed according to the methodology described in the literature. The greatest reduction in the spectral area was observed in the photo- Fenton system (83%), after 60 minutes of reaction. There was also a greater reduction in the concentration of Total Organic Carbon in the samples treated by the photo-Fenton system as compared with the Fenton process. Toxicity tests with Daphnia magna indicated 98,75% immobilization of the organisms in the tests with untreated dye concentrations above 800 mg/L, as well as in samples containing treated dye with pH level around 3 for both processes. It was found a slightly increase in the toxicity after treatment by both Fenton processes in the samples with pH level around 7 for D. magna and L. sativa.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/2110
Aparece nas coleções:CT - Tecnologia em Processos Ambientais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COPAM_2013_1_05.pdf2,71 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.